quarta-feira, 31 de março de 2010

Pensar que é o outro pode ser a solução dos problemas?

- Quando comecei eu pensava que era uma jornalista famosa e tudo saia bem.

Quando estava na faculdade de jornalismo lembro de ter lido uma entrevista com a Oprah onde ela dizia mais ou menos isso. Ficou marcado para sempre.

Ela dizia não saber como agir em entrevistas, então pensava em uma jornalista famosa, cujo nome não gravei, e o fim todos conhecem. Sucesso!

- Não agüento mais, juro, é de verdade! - Este foi meu cérebro dizendo para mim após alguns quilômetros de corrida.
- Então tá, finja que é a Adriane Galisteu. Ela estaria cansada com esses quilômetros corridos? - Respondi.
Do nada, tudo ficou mais leve e continuei para mais um tanto com gás.

- Agora é serio! Não agüento mais mesmo! Vou apagar para você parar!

Como não era milagre e meu corpo estava exausto de verdade, até a Adriane ficou cansada. Já ia parando quando vi um cara correndo a alguns metros de mim. Decidi: agora sou ele! Só paro quando ele parar. E lá ganhei mais um gás!

- Agora é de verdade! Vou te sufocar sua louca! - Meu corpo disse por fim ao ver que o raio do homem não parava!

Ninguém é bom em tudo. Mas todos são bons em algo. Sempre há aquela pessoa à qual admira-se como empresário, atleta, atriz, como exemplo de força de vontade. Mas o que fazer além de admirar seu dom? Tranformando-se na pessoa! Será? Não sou fã de Dri Galisteu, mas na disciplia na corrida sou sim. E me perguntava: A Dri desesitiria?
Gostei do que aconteceu, mas ainda assim fiquei pensando... Pensar que é o outro pode ser a solução dos problemas?

8 comentários:

Laly Ribeiro disse...

Olá Mocinha!!
Primeiro quero falar que ontem navegando pelo seus blogs e tudo mais, descobri que vc é uma excelente profissional do jornalismo e autora de vários livros. Não sabia. Parabéns! Quando comecei a ler seu blog eu nem tinha um blog, gostava (como gosto!) das comparações e resenhas sobre tudo o que acontece, que só vc faz!!
Bom agora falando do post de hoje! Não acredito que seja a solução de nada, mas, acredito que nos motiva a continuar, resolver, ser coerente com os nossos problemas!!

Bjks

Monica Loureiro disse...

Legal ...
A gente tem que se espelhar em um pouco da qualidade de cada um .....
É pra frente que anda
( literalmente ) !

Iaci disse...

Adorei o post! acho que não é uma solução, mas um meio para chegar a uma ;) Abç

Desabafando disse...

Acho que pensar que é o outro é criar um novo problema. Não se gostaria de ser o outro por vaidade ou orgulho? Mas acho legal usar o exemplo do outro como motivação. Isso sim eu acho que faz efeito. Acho que nao há mal algum em se inspirar em alguém pra tentar atingir suas metas e buscar resolver alguns problemas...mas querer exagerar e ser o outro acho que é diferente, porque aí se corre o risco de colocar umas máscaras pra fingir ser o que não se é, e algumas pessoas chegam a acreditar na própria mentira de que a máscara é que é a verdadeira. Entende?

Pedro Antônio disse...

Eu adoro os textos do seu blog!

Acho os assuntos tão atuais!

Parabéns!

Um abração!

Feliz Páscoa!

Pedro Antônio

Alicinha disse...

Boa estratégia!

Sonica disse...

Não sei não, penso que é legal "olhar no outro o que é positivo", mas pensar que é o outro acho estagnação, e não solução...somos muito singulares, completos, e devemos ser nós mesmos!
Bjs e FELIZ PÁSCOA!

Carolina disse...

um gás, um up acho que é uma boa estratégia... Já pensei desta forma em algumas situações pra entender que se o outro consegue, eu tbém. Não é impossível. Acho super válido!

bjão e bom coelho!

Ah a jornalista da Oprah acho que é a Diane Sawier.Até eu queria ser ela ou a Christiane Amanpour.rsrsrsr

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...