quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Pobreza é desculpa para não estudar?

Há 57 anos atrás nascia meu pai. Em uma família que morava em uma comunidade, no interior do Rio de Janeiro, criada apenas para os funcionários de uma usina de cana de açúcar, onde produzia-se cachaça e todos os funcionários eram viciados no produtos que faziam.

Oportunidades= zero.
Um dia, ele saiu de casa, naquela clássica história de um centavo no bolso, um sonho na cabeça. Foi para a capital. Deu de cara com a rua, passou fome, dormia em barraco quando podia dar-se ao luxo. Mas um objetivo era claro: estudar.

Não gosto do Lula. Da mulher dele menos ainda. Ela parece um boneco do posto de tão esticada e fake.

Quando o Lula aparece na TV, troco de canal. Estudei demais na vida, com muita dificuldade, para sentar no palco de um falador de asneiras. Não votei nele porque o discurso de um pobre iletrado no poder, sempre me deu arrepio. Só quem estuda ou ao menos lê com voracidade, sabe que a ignorância não é mérito.

Pergunto-me se durante sua militância, Lula não conseguiria uma mísera bolsa de estudo em uma instituição de ensino. Ele virou presidente depois dos 50, nunca teve uma única oportunidade? Ou não quis? Nunca exisitiu um sindicalista formado na faculdade?

Minha tia ligou ontem, feliz da vida, dizendo que passou no vestibular. Ela tem 42 anos. Está desempregada e o marido também. Dois filhos pequenos.
- Como vai pagar?
- Não sei... Mas é importante para mim...

Minha mãe, o mesmo. Talvez por isso "Minha mãe me ensinou a sonhar" seja meu livro de maior sucesso. Lula não se identificaria com ele...
Por isso... ontem enquanto ouvia minha tia tão alegre, repensei minha trajetória e a tantos brasileiros e fiquei pensando... Pobreza é desculpa para não estudar?

30 comentários:

Luciana Klopper disse...

nunca, não existe desculpa pra não querer melhorar, a não ser o comodismo

LITA disse...

Obrigada pelo comentário lá no meu blog. Seu blog fala de assuntos bem interessantes, gostei muito. Quanto ao assunto deste post, eu digo, meus pais lutaram muito para nos dar estudos, como diziam " é a melhor herança que podemos deixar". Estudamos sempre em escola pública. Passei muitas necessidades mas consegui me formar em Pedagogia e Direito. Comecei matemática, mas não segurei a onda dos cáculos. Hoje faço Design de interiores, que eu amo. Fora os vários cursinhos rápidos. Aqui em casa quando termino um curos já vão logo perguntando, "o que vais fazer agora"? Um dia vi uma reportagem de uma mãe da favela, muito humilde mesmo, que o filho tinha passado no vestibular, ele estudava num cantinho de uma biblioteca. Lia tudo. Chorei com a reportagem. Outro também que passou em um concurso, e por aí vai. Para mim isso é desculpa de quem é "VAGABA"

Lúcia Soares disse...

Nunca que ser pobre é passaporte pra ser burro, ignorante, coitadinho. Tenho casos de colegas de trabalho que passaram até por humilhações na vida mas estudaram na UFMG, uma das maiores universidades do Brasil.É muito difícil, cansativo, desanimador, mas quem verdadeiramente quer passa por cima dos obstáculos.
Tenho 2 sobrinhos que não fizeram curso superior por não poderem pagar faculdade, mas têm carro, fumam, "coisinhas" que levam nosso $$$ embora. O argumento é que não podem pagar e na Federal só passa "filhinho de papai". Tentaram, pelo menos? Não.
Se a gente pesar bem, há mais gente estudando e pagando sem poder do que os "malandros" que ficam por aí dando desculpa esfarrapada...

Mitti disse...

Não mesmo......eu fiz faculdade com bolsa, estudo agora com bolsa....

levo muitos não's, mas não desisto do meu sonho, mas confesso que fico por muitas vezes desiludida, pois vejo mulheres frutas, políticos fanfarrões, jogadores de bola...ganhando tanto, mas tanto que mesmo se eu for Ministra do STF não vou ganhar....fogo.

Mågø Mër£Îm disse...

Eu odeio o Lula por esse motivo que vc falou... estudo tanto pra ter algo... ele fez greve, se mutilou traiu toda a ideologia e seus seguidores para agora tentarem me convencer que ela é aceito por mais de 70% da população... eu num vão enganar...rs
Sorte ai pra tia, ela tem vontarde e quem tem vontade merece!

Beta disse...

Com certeza não é.
A força de vontade faz a pessoa chegar longe.

Concordo com seu ponto de vista.
Mas acho que se o Lula estudasse e crescesse perderia o perfil de trabalhador, iletrado e pobre. Ideal para ganhar uma eleição no Brasil...

Acho um absurdo não ser obrigatório ter curso superior para ser político! Presidente então tinha que ser no mínimo formado em relações exteriores...

bj
Beta

Bia Mendonça disse...

Quem quer mesmo corre atrás! bjs!

disse...

Flavia concordo 100% !
bj

Sandra disse...

Pode existir motivo pra não estudar, mas não existe para ser totalmente ignorante. Em qualquer lugar do país é possível completar o segundo grau, e mesmo sem fazer uma faculdade, a pessoa que tem interesse lê, assiste televisão, observa o mundo à sua volta, a internet, enfim, se informa. Muita gente não tem curso universitário e tem cultura. Quanto ao Lula, não tem jeito, o maior orgulho dele é ser "iNguinorante" filho de analfabetos...

Anônimo disse...

Pobreza pode ser um grande impecílio para o estudo sim!

O exemplo do seu pai não chega nem a 1% do acontece.
Posso não chamo isso de esforço e sim de SORTE

E nem é por falta de sonhos, mas sim de oportunidade.

É ignorância achar que pobre tem que correr atrás e estudar quando a barriga ronca e o mês do aluguel vence... a realidade é totalmente diferente da sua, que tem uma cama quentinha, nova e limpa.

Falo por mim que estudei a vida inteira em escola pública e sei o lixo que é o ensino.

Professores desmotivados, ambiente marginalizado...

Morei a vida toda de aluguel e só eu sei o que era trabalhar 10 horas por dia pra ganhar um salário mínimo pra poder ter um teto pra morar e poder dizer (graças a Deus) que fui uma privilegiada por nunca ter passado fome...
Mas tomei muito banho com sabão azul de lavar roupa, pois sabonete era luxo

Estudar? Impossível!!

Não chegaria a tempo na escola (afinal, trabalhava 10h por dia) e mesmo que chegasse, não teria dinheiro pra passagem, nem pra livros, pra estudar numa escola pública que ficava há uma hora (a pé) da minha casa. E pra que correr risco de voltar tarde da noite pra casa? Pra ser assaltada e estuprada e tornar minha vida mais miserável ainda?

Não, obrigada

É mto fácil falar qdo se vive o outro lado da história

E vc acha que eu não queria uma vida melhor?

Claro que queria!

Estudei dois anos (por conta própria, pois não tinha dinheiro pra cursinho) no pouco tempo que eu tinha, pro vestibular da Federal da minha cidade.

Levei ferro. Sabe pq?

A concorrência era desleal e a maioria dos jovens era filho de papai e estudaram e bons colégios e com certeza tinham mais tempo do que eu...

Não julgue uma situação que não conhece!

Isso é ser totalmente soberbo

Anônimo disse...

Caro, Anônimo,

sou leitora da Flavia e não vou me identificar porque você não se identificou. Mas conheça a história dela, compre seu livro e verá que de fome e dificuldade ela entende. O que para você era um RISCO de passar por uma violência sexual... Bom... leia o livro.

Sei porque a conheço de perto. Hoje, quem olha para ela, vê tanta alegria, não imagina o que ela passou na vida. Sabe por que?

Porque diferente de você e do Lula, ela não faz da miséria bandeira para nada.

Espero que tenha sorte na vida e leia relatos feitos antes do seu de gente que estudou em escola pública e teve tanta ou mais dificuldade que você.

Mas se todos somos filhos de Deus temos confiar que ele trará dias melhores a todos. Fácil é? Não. A vida é justa? Depende do ponto de vista. Garanto que se ganhar na megasena não vai sair distribuindo por ai! Como diz no livro "Minha mãe me ensinou a sonhar":

- Mãe, vamos parar de sofrer tanto, um dia alguém vai olhar por nós!
- Aprenda uma coisa para sempre em sua vida, minha filha, só quem pode olhar nós somos nós mesmo, porque o mundo já está muito ocupado olhando por ele mesmo.

Um forte abraço.

Ana Lucia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Continuo a afirmar que é muito fácil apontar certas coisas quando não se vive na pele a pobreza

Faça esse discurso num lugar onde não tem energia, saneamento básico, vida descente e vc vai ver o que irá ouvir.

Quantos aqui já puderam fazer um trabalho social num local muito pobre? Ou num morro ou favela barra pesada, onde a maioria das pessoas são colocadas à margem pelo resto da sociedade por causa da cor da pele, por causa do local onde vivem ou ainda pelo que ganham?

Menos de 1% dessas pessoas tem alguma oportunidade de estudar

E isso minha gente, não é "levantar uma bandeira" não...

ACORDEM!

Isso é FATO!

O pior cego é aquele que não quer ver

Se teve alguém que se manifestou dizendo que venceu, que conseguiu... muito bem!

Parabéns, vc é sortudo, naceu com o bumbum pra lua, teve sorte e melhores oportunidades do que quem não conseguiu.

Mas só pq conseguiu, não venha dizer que quem não consegue é preguiçoso, acomodado, ou ainda "pobre coitado que usa o escudo da sua pobreza", pq isso é mto feio

é não saber vencer

é ser arrogante

Nem todos que lutam, conseguem vencer, por isso, não generalizem que pobre usa desculpa da pobreza pra não estudar

Se eu for destrinchar todos os motivos que fazem uma pessoa desistir de trilhar um caminho pq encontrou dificuldades (das quais a maioria aqui seria incapaz de mensurar), vou ficar aqui escrevendo a noite toda.

Antes de julgar, pense.
Mas não pense individualmente, não pense no próprio umbigo, procure pensar no geral.
Cada caso é um caso. Cada cabeça, uma sentença.
O que pode ser fácil pra uma pessoa, pode ser absurdamente impossível para outra.
Ninguém tem culpa do jugo que carrega.

Por isso acho que esse assunto não deve ser generalizado de forma tão radical

Anônimo disse...

Mais uma coisa

Tenho uma amiga que era super pobre, trabalhava o dia todo, desde nova, tinha casa própria, morava com os pais, mas eram muito pobres.

Ela sempre estudou em escola pública e tentou vestibular durante três anos.

Ela trabalhava o dia todo, a noite ia pro cursinho (que ela mesma pagava, e ainda bem que ela podia pagar) e quando chegava em casa, ela estudava até as 3h da manhã.

No dia seguinte estava de pé as 6:15 pra ir pro trabalho. Essa foi a rotina dela por 3 anos seguidos.

Cursou história na Federal e hoje tem quatro anos de formada e quatro anos desempregada

Infelizmente nossa colega ainda não pode fazer pós graduação e por isso não conseguiu pontuação pra passar num concurso público

Ela é um exemplo que eu conheço de pobre que lutou muito pra se formar

Mas sabem?

Ela é a única que eu conheço

Infelizmente todos os meus outros colegas pobres, não tiveram o pique que essa jovem tinha, de ir se deitar as 3h da madrugada pra estar de pé às 6:15 da manhã e encarar um dia inteiro de trabalho e cursinho.

Mas cada um conhece suas limitações, não é mesmo?

Cada um sabe onde o calo aperta mais

Anônimo disse...

Pra encerrar

Nem todos que saem de suas cidades para os grandes centros atrás de oportunidades conseguem encontrá-la.
Muitos voltam para sua terra natal com uma mão na frente e outra atrás, com semblante sofrido de tanto passar dificuldade e humilhação.
No final do arco-arco nem sempre se acha um pote de ouro.

E ainda bem que nem todos correm atrás de estudar

Já pensou se todo mundo fosse um esforçado como minha amiga? Não estou desmerecendo-a, muito pelo contrário!

Ela foi referência de coragem

Mas se todos batalhassem pra conseguir uma boa colocação na sociedade, não haveria vagas pra todos...

E talvez aqueles que se formaram com louvor numa Federal e concluíram suas pós e mestrados, estivesse hoje limpando o meu chão por falta de oportunidade

É pra sem pensar antes de tentar arrumar uma resposta porque alguns não estudam, não é mesmo?

Não dá pra ser a palmatória do mundo

E essa lição, garanto que faculdade nenhuma ensina e muitos que lêem muito não tem tempo pra refletir nisso

Desabafando disse...

Concordo com vc....acho que antigamente isso até era válido...mas hoje com todo o acesso a informação que temos, com tantas novas oportunidades...só não estuda quem não quer...até na internet tem vários cursos gratuitos. Conheço uma pessoa que pode ser considerada pobre, mas que passava o dia no trabalho lendo fofocas de novela...aí quando questionava o porque não fazer algum curso, tentar um vestibular...a pessoa arrumava 1000 desculpas....quem quer, consegue.

Carolina disse...

Pobreza não é desculpa pra estudar, mas se fazer de coitado para um bando de ignorantes que acha que " ele é gente como a gente" é bandeira pra seguir adiante e continuar comandando um país como o nosso.
Meus parabéns pelo seu post. Muito bem colocado. Perfeito. Traduz em muitos sentidos o que eu penso.
Subestima a minha inteligência assistir toda e qualquer manifestação deste marionete falador de asneiras que encanta os fantasiosos.
Obrigada pelo comentário lá no Café...Gosto muito de vir aqui.
Bjos meus

Carolina disse...

Ops, corrigindo... Pobreza NÃO é desculpa para não estudar...

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Pouco me pronuncio nos comentários, mas algumas pessoas que estão chegando agora, talvez ainda não saibam que criticas são bem vindas sempre, mas ofensivas e anônimas, não são mantidas.

Anônimos expressando sua opinião, mesmo que de alguma maneira citem a mim de maneira pessoal, são mantidos. Como alguns que ainda estão aqui.

Se quisesse que só saissem bons comentários colocaria FILTRO, mas aqui é um espaço onde todos devem ter sua opinião e isso faz o sucesso do blog.

Mas não aceito um ringue de ofensas porque isso não coopera para a discussão.

Por vezes, expresso minha opnião sobre alguma celebridade ou autoridade, como no caso do Lula, e aceito que discordem, mas não que lancem críticas pessoais a mim.

Agradeço aos comentários feitos, mas estamos aqui para discutir os assuntos das lindas mulhers que já passaram dos 25 e também dos 40!

beijos a todas (os)!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

M, por favor, pare de fazer comentários anônimos,

abs

Iseedeadpeople disse...

Bom, eu até poderia concordar com a autora, mas nunca fui pobre e realmente acho leviano afirmar qquer coisa sem ter vivido na pele a situação.

Passei numa faculdade pública, me formei, fiz 2 especializações, mas eu sempre tive casa, comida, boas escolas, uma família acolhedora, nunca precisei trabalhar.Não fiz mais do que minha obrigação, em respeito a mim mesma e a minha família.

Mas não posso de jeito nenhum comparar minha situação com a da maioria dos brasileiros. Há uma série de dificuldades em jogo, e antes de tudo muita gente precisa sobreviver apenas. É ilusão achar q basta ter força de vontade q consegue. Parabéns pelo seu pai e todas as pessoas humildes que chegaram lá, mas são exceções, infelizmente!

Monique Rosa, rosa rosa disse...

Estudar...ahahahhahha
A minha mãe é professora de escla pública es e pra mim foi difícil passar no vestibular.Imagina p/ essa garotada de hoje em dia.
Vocês não sabem o que é uma escola no sdias de hoje.

Monique Rosa, rosa rosa disse...

Estudar...ahahahhahha
A minha mãe é professora de escola pública e se para mim foi difícil passar no vestibular imagina p/ essa garotada de hoje em dia.
Vocês não sabem o que é uma escola nos dias de hoje.Escola de pobre, eu quero dizer.
Se a Flávia passou por muitas dificuldades e conseguiu não pode sair flando de quem não teve a mesma sorte.Conheço gente honesta, trabalhadora que morreu sem um centavo no bolso. Meu pai se esforçou tanto para que todas nós esntrassémos numa faculdade.Agora uma das minhas irmãs está formada a dois anos e desempregada.MAS EU NÃO SOU POBRE.Pobres são os alunos da minha mãe que ficam sem ir p/escola porque não tem o que calçar.Glória a Deus se um entre mil se esforça e consegue alguma coisa, mas dizer que todos os que não conseguem são preguiçosos é um pouco demais.
Ma fazer o queê, né? Estamos nós aqui detrás de um computador discutindo isso, enquanto provavelmente a maioria das crianças da escolas que minha mãe e minhas irmãs ensinam estão vendendo, comprando drogas na esquina ou com fome vendo o pai ou a mãe transar com alguém na sala de casa.Mas se eles não passarem no vestibular é culpa deles.Vestibular, estudar... kkkkkkkkkkkkkkkkkk essa é boa!
Vai falar isso p/ eles e vão te reponder como um aluno da 6ª série da escola em que minha irmã trabalha:
-ô tia, estudar é com a senhora, mas se tiver um cigarro aí...
Mas é tudo culpa deles.
rum

Monique disse...

ainda vem exemplificar com Lula. Nunca se viu tamanha demagogia na história desse país antes dele. Tenho certeza que cantar ele não cantou p/ subir... ai ai porque sobre quem ocupa cargos políticos altos nesse país só tem o seguinte a dizer:
De dous ff se compõe esta cidade a meu ver um furtar, outro foder. ...
Gregório de Matos.

Anônimo disse...

É incontestável o que o Presidente chamado de ignorante fez e faz pelo nosso país...Melhor seria então a nação brasileira repleta destes ignorantes, que lutam e melhoram a condição de vida de muitas pessoas, reconhecido mundialmente por diversos órgãos economico-sociais mundiais como o "melhor presidente sul-americano", "ele" jamais pode ser julgado por não ter estudado, simplesmente pelo fato de atingir a ápice político. Aqueles que o julgam com tanta incensatez, só podem ser burgueses acomodados ou ignorantes políticos que não entendem absolutamente nada de política brasileira....NADA!!!
Aliás, julgar enquanto pimenta nos olhos dos outros é refresco...é baba....POR ACASO VC TÊM A CONSCIÊNCIA TRANQUILA???? O QUE FIZESTE PARA MINIMIZAR A DOR HAITIANA???MANDASTE ALGUM MAIL SOLIDÁRIO,PELO MENOS???APOSTO QUE NÃO......INTELECTUAL DE MERDA!!!NA HORA DO VAMO VÊ SAI DE RÉ....C....

Anônimo disse...

Ignorância é o que estão dizendo do Lula.
Se todos os políticos do nosso país não tivessem estudado, mas fizessem um pouco do que o Lula está fazendo nosso país estaria muito melhor. Vocês que escrevem asneiras sobre o melhor presidente que nós já tivemos deveriam ter vergonha da ignorância de vocês mesmos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...