sexta-feira, 16 de abril de 2010

Se o saber traz riqueza, por que ninguém quer saber dele?

Há algumas semanas atrás Eike Baptista foi nomeado o oitavo homem mais rico do mundo. Do mundo inteiro. O Fantástico passou uma roportagem falando sobre tudo menos dando atenção a algo que ele disse rapidinho: devo isso a educação que eu tive.
Comparou-se sua fortuna a Mega Sena, a quantos carros compraria e tudo o mais que nao ajudaria em nada a quem estava assistindo.
No dia seguinte, varias pessoas comentavam sobre o assunto: viu? Com o dinheiro dele nem tudo o que já foi dado de premio na Mega Sena ainda nao chegaria ao que ele tem!
Enquanto ouvia os comentários ia pensando.... Esta história de estudar para ser alguem na vida é velha, toda mãe passa isso para o filho, e o discurso de Eike confirma que ela tem lá seu fundo de verdade. Então... Se o saber traz riqueza, por que ninguém quer saber dele?

10 comentários:

Menina disse...

É verdade, flor! Acho que o saber anda meio esquecidinho, meio desvalorizado.
Até quando aparece a oportunidade de mostrar seus efeitos positos, acabam deixando-o meio de lado, meio que para depois e meio que acaba não sobrando tempo pra ele.

Adorei o blog e o texto!

Linda Carioca disse...

A minha pergunta é outra: Se o estudo traz riqueza, por que não fiquei rica, se vivo estudando ? (risos)

É claro que o estudo é muito importante mas infelizmente nem todo mundo enriquece por ser estudado. Vide a Carla Perez, Luciana Gimenez, o nosso presidente Lula (esse analfa ), a Sabrina Sato, Bruna Surfistinha, os vencedores do BBB, as mulheres frutas, as gurias que saem na playboy, entre outros que por pura sorte, conseguiram ficar ricos ou então muito bem de vida.

Como dizer pra uma pessoa meter a cara nos estudos e confiar na sua inteligência ?

No Brasil, ser estudado não significa muita coisa
!
Beijos !

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Talvez porque as pessoas querem as coisas sem sacrifício nenhum e porque não sabem usufruir do conhecimento que possuem para chegar aonde querem.

E tem gente com preguiça de pensar porque acha que isso não leva a nada.

Mas se vc estuda vc tem um bom emprego e consequentemente consegue construir uma carreira. Não de um dia pro outro e nem facilmente, mas conseguem.

Beijos!

Amanda Zanqui disse...

Tem um provérbio que diz assim: "Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; porque melhor é o lucro que ela dá do que o da prata, e melhor a sua renda do que o ouro mais fino"
A maioria vai atrás das riquezas ao invés de ir atrás da sabedoria, por isso que ninguém quer saber do saber.

Desabafando disse...

A resposta é: todo mundo quer ir pelo caminho mais fácil! Pra que se esforçar, estudar e batalhar?

Monica Loureiro disse...

Olha, depois do seu livro MINHA MÃE ME ENSINOU A SONHAR eu fiquei com uma seeeeeeeeeeeede de aprender que nem tenho palavras....
Acho que a maior riqueza que o SABER traz é a emocional, e a melhoria dos padrões mentais....

Naty disse...

Reforçando o comentário da Linda Carioca, ninguém valoriza e busca o saber no Brasil por que ele (infelizmente) não é o fator primordial para enriquecer.
A cultura brasileira (mercado de trabalho) não é fundamentado no profissionalismo, o que impera aqui é o QI, o tráfico de influêcia e por ai vai.

Tati Pastorello disse...

Ah, mas jogador de futebol dando entrevista dizendo que ganhou por que jogou bem ou perdeu por que jogou mal, com suas variações de discurso... Ah! Como tem jornalista para gravar isso e repetir à exaustão...
Eu ainda acredito que o estudo pode melhorar nossas vidas, mas ainda estou na fase "correndo atrás", nunca chega esse dia do "bem sucedida"... Vou na luta! Beijos.

LICIA TATIANE disse...

Acho o estudo importantissimo!É aquela famosa frase dita pelas mães´´SE COM ESTUDO AS COISAS JÁ SÃO DIFÍCEIS,IMAGINE SEM...´´Mas conheço muita gente que vive para estudar e estuda para viver e não tirou o pé da lama.Digamos que a sorte conta muito nisso para a pessoa se dá bem na vida.

Carolina disse...

Acho o saber importantíssimo, ainda mais na era que estamos onde a informação é moeda, ams a questão aqui vai além. Não adianta só o conhecimento, a trajetória conta com doses cavalares de sorte, empenho e mais...sorte.
Aquela velha máxima, estar no lugar certp, na hora certa. Vale como ouro na corrida maluca do ter.

bjos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...