sexta-feira, 2 de julho de 2010

Fazer o bem sem olhar a quem ainda funciona?

No Congresso de escritores do qual participei em Atlanta em junho, conheci uma ex-modelo que largou a profissão para construir uma carreira de escritora de sucesso. Seu nome é Adoración Couñago. Ela é daquele tipo de pessoa iluminada, além de linda.

Mas nesta selva que virou o mundo parece que um quer engolir o outro e só dentro de casa entre quatro paredes é que nos sentimos protegidos para sermos bons sem maldade como se qualquer mosquito pudesse te passar a perna.

Nos encontramos no banheiro do luxuoso hotel onde acontecia o evento e acabamos ficando lá dentro e batendo papo por meia hora.

Após algumas risadas Adoración me falou sobre sua crença de que quando fazemos o bem a uma pessoa o bem volta, mesmo que não seja através daquela pessoa que você ajudou. Voltará através de outras pessoa.

Uma amiga minha sempre me disse diante da minha mania de ajudar todo mundo: "gente boa e solícita hoje em dia é igual a considera trouxa, bobo." Segundo ela, o mundo não admira mais os bons, mas os que chegam lá. Seja como for.

Mas ai não seria frio demais pensar assim? Mesmo que acha uma grande verdade por trás disso? Porque pensando bem, o trabalho sempre fica para aquele que aceita fazer mais e nem sempre o solícito é o promovido no final.

Por isso, ando pensando no que Adoración disse, no que minha amiga avaliou e ando tentando chegar a uma conclusão... Fazer o bem sem olhar a quem ainda funciona?

8 comentários:

Cintia Branco disse...

Se você fizer realmente o bem sem olhar a quem, ele sempre funcionará. Isso quer dizer que você fez sem esperar nada em troca, de ninguém, fez porque queria, porque achou certo. E acaba aí.

Agora se você fizer alguma coisa e, mesmo inconsciente ficar esperando o retorno, de alguma forma, ele não foi ação altruísta, e com certeza você irá se decepcionar, porque as pessoas dificilmente reconhecem o outro.
Aprendi que esperar reconhecimento por qualquer coisa é perda de tempo e motivo para desânimo, hoje faço o que tenho vontade, sem projetar nos outros minhas expectativas.

Beijso

Anônimo disse...

Concordo com esta moça bonita, o bem sempre volta mesmo que por outra pessoa. Apesar de as vezes me sentir meio boba ainda acredito que o bem sempre faz bem.

Bjokas - Tilde

Tati Pastorello disse...

olá. Sabe onde funciona? Na nossa cabeça, na nossa consciência limpa e tranquila. Funciona na auto-imagem que construímos para nós, funciona para nos olharmos no espelho e gostarmos de nós (independente do cabelo feito e da maquiagem).
Nestas horas tenho certeza que, haja sucesso ou não, este é o melhor caminho. E sigo em frente, mesmo que para alguns eu seja taxada de troxa/ boba!
Beijos. Adorei os questionamentos.
Beijos.

Claudinéa Elias disse...

Bom, já tem um tempo que questiono se os valores de hj são diferentes de antigamente. Fui criada com valores que hj em dia parecem ultrapassados ou bobos. Mas eu ainda acredito que sermos verdadeiros nos ajuda muito," ninguém perde por ser bom e honesto", "atras de serra tem serra", não deixo de fazer o bem as pessoas por ver quem tem gente perversa demais por perto, dai é q fico mais animada em fazer este bem, pq com certeza serei recompensada, ou eu ou meus irmãos que viajam por este Brasil enorme.
Acredito tb que agente faz e um dos nossos recebe.
Nada me tira da cabeça estes bons princípios.
Bjos

Mary disse...

Funciona, sim; na medida em que você não espera retorno, não cria expectativa e também não se frustra se não for lembrado. Simplesmente fez o que achou que devia fazer sem julgar: isto é o bem ou isto é mal.Bjo.

Albuq disse...

"Fazer o bem" começa a fazer bem a nós mesmos, por termos uma consciência sossegada e tranquila. O pior de fazer o mal ou ser omisso é a consciência de que poderia ter feito algo.
Acredito que fazer o bem sem esperar troca é o melhor negócio, porque ao fazer algo sem expectativas se não vier nada ok, você não perdeu nada, se vier é lucro.

bjs

Monica Loureiro disse...

Olha, depois que eu li os livros CRIANDO PROSPERIDADE e AS 7 LEIS ESPIRITUAIS DO SUCESSO do Deepak, comecei a pensar que sempre que você faz o bem,e deseja o bem e a prosperidade para os outros,sem expectativas, por querer gerar amor, você os recebe de volta.
Tenho ótimas experiências nisso, comprovadas...

Georgia disse...

Sabe que ue pensei sobre isso hoje pela manha?

Pensei que nem sempre quando agimos mal, é um mal para a outra pessoa.Quem sabe depois de uma maldade que alguém lhe fez ela nao madureceu, ela nao se abriu mais para lutar por seus objetivos. Tudo é relativo. Eu acredito que muitas das vezes querendo fazer o bem para alguém lhe fazemos muito mais mal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...