terça-feira, 18 de setembro de 2007

Como saber que estamos em uma relação destrutiva?

Poliana, minha prima, 30 anos, é linda, tem corpo perfeito e tinha tudo para viver uma linda história de amor. Mas, escolheu viver com um homem que não a incentiva a fazer nada! Seu sonho é terminar a faculdade, mas cada vez que ela volta a estudar começam as chantagens. Ele diz que ela não é boa mãe. E ainda cobra que ela saia do trabalho.

Quando Poliana estava com seis meses de gravidez, o marido a colocou para fora de casa. Depois se arrependeu e ela o aceitou. O bebê está com dois anos e, de lá até agora, ele já a deixou quatro vezes. Ele a domina. Na última briga, ela decidiu pedir a separação. Chegou a separar na justiça, dei todo apoio e achei que era para valer. Mas no fim quem venceu? O tal marido. Ele que fez as mesmas promessas de sempre. Ai que preguiça...

Isso mesmo, preguiça... Acho o caso de Poliana extremo, mas fiquei pensando o quão difícil é saber se uma relação é destrutiva ou não. Para mim, que estou de fora, é fácil ver o quão ruim este homem é para Poliana. Mas comecei a pensar: Como saber se uma relação é destrutiva?

6 comentários:

Carol Barros disse...

A melhor forma de saber qdo a relation é destrutiva, é qdo começamos a desistir dos nossos sonhos.

Carol

Cynthia Zanon disse...

Eu viví uma relação dessa...em que eu quería muito que desse certo, em que eu abri mão da minha vida p/ fazer funcionar. Parecia amor incondicional, sabe? Acho que no fundo estava é com medo de ficar sozinha, de ter que começar tudo de novo com outra pessoa.

Entendi que a relação é destrutiva quando não lhe traz nada de bom...a dor de cabeça é maior do que os poucos (se ainda existem) momentos bons. Demorou...Poliana needs to move on.

Bibi Move Scliar disse...

nossa. que história triste triste triste triste.
credo, que triste!!
Acho que só o Dr. Phill pra ajudar a Polyana mesmo.
E quanto ao pool aqui do lado, a idade que me dá mais medo é dos 12 aos 14...acho que é quando a gente mais sofre sem entender porra nenhuma.
depois fica fácil, mesmo quando está difícil.

* Leda disse...

Obrigada pela visitinha, tb vim aqui e gostei do seu blog!Pq adoro papo-çabeça!
Qto à sua pergunta uma relação é destrutiva:Qdo vc ñ se sente amada de verdade,qdo vc desiste dos seus sonhos ou qdo vc ñ progride, qdo ñ há incentivos ou elogios!Já passei por isso(fase escura da minha vida)E hj sou mto amada, tenho um marido maravilhoso!Aprendi a me amar primeiro!

Lucia Stevenson disse...

Ola, fui seguindo link atras de link e acabei achando seu blog.

Sabe, eu nunca tive um relacionamento assim, mas acho que quando o parceiro nao a trata com respeito e nao a deixa expandir suas asas e nao apoia seus sonhos, esta na hora de pensar duas vezes e ver se vale a pena se anular por causa do outro.

Talvez as pessoas aturem uma vida assim por medo de sair do relacionamento, por nao ter aonde ir, com quem contar... Falo isso baseado no casamento da minha propria mae. Ela nunca foi completamente feliz, mas nunca teve coragem de se divorciar e viver seus sonhos... Meus pais sao otimas pessoas, mas nao um com o outro. E' uma pena e muito triste.

Anônimo disse...

eu acho que estou numa relação assim ..... e o pior é que se vai a 18 anos ... e agora ele ta querendo casar ...e tenho mto medo de sofrer mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...