sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Será que todos vão econtrar sua metade da laranja?

Estive lendo uns blogs esta semana e vi que não é só em filmes que as pessoas ficam juntas no final. Estava lendo a história da Cyn, da Cláudia e da Juliana. Esta última, em especial, é conto de fadas puro! Ela não achou sua metade, mas sim ela inteira!

Essas três "princesas" parecerm e pelo que parece elas foram premiadas nesta loteria do amor, onde muitas jogam, mas poucas ganham. Mas será que, realmente, existe alguém feitinho só para nós? Será que o negócio é só esperar e ponto?

Ninguém melhor para responder estas perguntas do que elas, mas já vou adiantando que mediante pesquisas, não tem para todo mundo. O mundo tem mais sapos do que príncipes e tentar transformá-los com um beijinho... sem chance! Perder tempo.

Admirando a felicidade das princesas, mas ainda diante de dúvidas...Será que existe um princípe para cada uma de nós? Mesmo que perdido pelo mundo? Ou algumas de nós estamos fadadas a engolir vários sapos?

4 comentários:

Cynthia Zanon disse...

Olha, vim aqui te visitar pela primeira (aliás, amei viu?!), e não é que vejo meu nome alí?

Sobre o assunto, não acredito em destino, nem em esperar sentada que a outra metade vai aparecer.

No fundo, sempre quis um estrangeiro...não por ser estrangeiro, mas pq no fundo estava cansada dos brasileiros, e sinceramente, esse negócio de culturas diferentes no fundo tem atrativo especial, tanto p/ nós, qto para eles.

No fim, descobri que tenho mais de uma metade...De verdade, se não estivesse com o Brandon, tería pelo menos mais meia duzia de pretendentes que eu podería me ver vivendo com.

Homem por aí...tá cheio! E digo, homens bons. O que falta é a mulher se abrir p/ o amor que muitos tem p/ oferecer. Depois que eu fiz isso, me apaixonar e viver uma história de amor foi fácil!

Bjs,

Rayane disse...

Fla,
você sabe que já encontrei minha metade, mas a perdi. Culpa mimha, nem vamos falar sobre isso, mas acho que a pergunta tinha que ser: quantas metades da laranja podemos encontrar nessa vida? Porque se for só uma, não sei o que vou fazer. Ainda tenho a esperança de achar um novo grande amor.
Beijos

Lucia Stevenson disse...

Oi. Eu me considero sortuda no amor tb. Conheci meu marido na faculdade e ja estamos juntos a 11 anos (casados a 6).

Concordo que tem que existir uma atracao, amizade e amor, mas tb e' muito importante ter respeito e apoiar os sonhos um do outro. Voce acaba crescendo junto, passando por situacoes boas e ruins ao longo do caminho, mas e' importante tb nao esquecer da sua individualidade, e manter seus proprios hobbies, interesses e amizades. Essa pessoa estara ali do seu lado pro que der e vier, te completando.

Qualquer relacionamento precisa de dedicacao pra crescer. Nao e' so se "acostumar" a ter uma pessoa do lado ao longo dos anos, mas sim manter a relacao a dois interessante. Conversando noites afora e trocando ideias, caminhando e fazendo planos juntos, alem de continuar mantendo seu parceiro como seu melhor amigo e amante.

Acho que so depende da pessoa. Quando confiamos e nos entregamos realmente um ao outro e quando existe amor, respeito e dedicacao, tem tudo pra fazer um relacionamento dar certo.

Tenho certeza absoluta de que voce um dia achara seu principe tb.

Lucia Stevenson disse...

PS: So queria fazer um comentario sobre o comentario da Rayane.

Eu tb pensei que meu ex-namorado fosse o amor da minha vida e que nao existia ninguem mais no mundo. Certas coisas acontecem por um motivo, sabe? Acabou que a gente se separou depois de anos juntos e foi pro melhor, apesar de na epoca ser muito doloroso e nao fazer sentido.

Com isso a vida me levou a um caminho diferente onde conheci o homem da minha vida e estou mais feliz que nunca. Um dia a gente entende o porque.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...