domingo, 1 de junho de 2008

POR QUE A FELICIDADE DOS OUTROS NOS INCOMODA TANTO?



Um dia desses, andando por um blog que infelizmente não lembro qual, vi algum comentário sobre: o terrível sentimento que nos toma quando vemos a felicidade do outro.

Esta semana estava viajando dando palestras e durante a viagem fui refletindo sobre isso e percebi que este sentimento está no coração de todos, homens e mulheres.
- Quando uma amiga consegue perder aqueles 3 quilinhos que faltavam, você fica feliz, mas no fundos e pergunta: por que não eu?
- Quando alguém consegue algo pelo qual lutou e esforçou nós ficamos felizes, mas nos perguntamos: quando será a minha vez?
E quando alguém ganha algo em um sorteio? Logo olhamos para os céus e dizemos: esqueceu de mim? Aqui tabém há um ser criado por você!

Os sentimentos são inúmeros e acredito que estejam no coração de todas as pessoas. Isso não faz com que sejamos seres humanos piores ou melhores e não imagino uma pessoa que seja tão limpa a ponto de não sentir nem tantinho de inveja. Mesmo que seja da chamada... inveja boa...
Comentei isso com uma amiga e ela disse que usa esta inveja para se esforçar ainda mais.
Mas, mesmo assim, vim pensando no vôo: Por que a felicidade dos outros nos incomoda tanto?

14 comentários:

Bia Mendonça disse...

Eu adoro o seu blog! Sempre tem um post interessante! :)

Particulamente não me considero uma pessoa invejosa... mas acho q todo mundo um dia na voda já cobiçou o alheio!

bjos,
Bia

Lucia Cintra Stevenson disse...

E' pq o ser humano e' egoista por natureza, porem eu acredito que a maioria pensa assim sem malicia. Eu realmente fico feliz, de todo coracao quando alguem que conheco consegue conquistar algo. E na maioria das vezes, nem penso em mim. Fico contente como se tivesse acontecido comigo e conto toda entusiasmada pro mundo todo.

Mas ja fui culpada de ouvir falar de alguem que ganhou milhoes de dolares na loteria, por exemplo e ficar chateada de nao ter sido eu. Ficava me perguntando "Pq nao eu?". Ate que descobri que as coisas realmente acontecem quando as desejamos com todo nosso ser e ficar fazendo perguntas bobas assim e somente focando no pq nao ter acontecido conosco, nao vai nos levar a lugar nenhum. E' simplesmente perda de tempo e so nos levara ao um estado de depressao e fracasso.

Acredito que atraimos certas coisas ou pessoas necessarias na nossa vida para que no final conseguimos realizar o que desejamos. Mas devemos focar no que e' importante pra nos e sempre pensar positivo.

Em outras palavras, devemos ficar contentes pelos outros e fazer a nossa parte pra chegar la. Realmente acreditar e visualizar que ja estamos onde queremos chegar, pois so depende de cada um escrever nossa propria jornada ou final feliz.

Tata disse...

Ja senti uma invejinha sim,isso é normal.Nao que eu quisesse o que é da outra pessoa,porque acredito que cada um tem o que merece ou faz por merecer,mas eu fico pensando..eu quero tb!
Por exemplo:Todas as minhas amigas estão namorando,casando,noivando,ficando,e eu sem ninguem no momento!!!!Não da uma invejinha???,hahahat
Mas estou feliz por todas elas!

Bjos
Tata

Carla disse...

Acredito que exista a inveja "boa" e a inveja do mal... rs...
Inveja boa é aquela que todo mundo sente, às vezes, geralmente por pessoas queridas, em que gostaríamos de estar no lugar delas, mas sem desejar que elas não estivessem naquele lugar...
E a do mal, nem preciso descrever, né? Mas quando a pessoa passa a viver em função de querer o que o outro tem, vira doença...
Escrevi um post sobre a inveja feminina, onde explico esta teoria um pouco melhor: http://mulheres30plus.blogspot.com/2008/05/inveja-feminina.html
Bjôooo

OBS: Seus comentários em meu blog foram postados com sucesso, é que eu faço a moderação de todas as mensagens que recebo...

Lino disse...

Não me sinto assim, não. Gosto de ver o sucesso dos outros e deles sempre tiro algum ensinamento, que posso aproveitar para melhorar.

Cheers! Fla disse...

Concordo com a Bia e a Lucia Cintra, tbem nao me considero invejosa, fico feliz de coracao quando as pessoas conseguem as coisas que querem tanto, mas nao nego que nunca pensei... "Ah, se fosse eu...".

Nao acho que a felicidade dos outros me incomode, quero ver todos ao meu redor felizes, nada mais que isso :-)

Bjao.

JAMINE BRUNO disse...

concordo com a bia e a lucia cintra...eu tb fico feliz quando uma pessoa querida conquista coisas...feliz de verdade, como se fosse eu tb...

nao fico pensando ...Por quê nao eu e este tipo de cositas...sou formada em administraçao, visao pragmática das coisas e penso: quer, corra atrás...ficar de 'olho duro' nas coisas que os outros conseguem fazem com que as pessoas cheguem ao lugar nenhum...

nunca vi invejosos de carteirinha 'construirem'coisas. acho que a inveja é negativa (na maior parte dos casos) e ocupa a mente das pessoas, assim sendo, elas têm menos tempo para se dedicar ao que faria elas felizes e a sentir menos inveja ;)

conquistar coisas leva tempo e se ficar focado na inveja o indivíduo nao conquista nada...só fica reclamando.

Georgia disse...

Ah, sinto muito mas nunca senti esse tipo de sentimento nao. Fico e sempre fiquei super feliz com a feliciade dos outros e das outras e sempre pensei que a minha tb iria chegar. Nunca tive esse tipo de inveja nao. O máximo que sempre pensei ou desejei foi: Nossa que cabelos lindos, eu gostaria que os meus fossem assim. Ou nossa que olho azul lindo, queria um assim pra mim tb. Mas esse tipo de inveja que vc falou aqui é muito pobre de sentimentos.

Boa semana, beijao

Scliar disse...

Ah, eu não tenho inveja não... Só destas pessoas tão do bem, tão polliticamente corretas!kkk Brincadeirinha. Mas sabe que se a gente pensar ao contrário - será que existe inveja negativa? - daria pano para manga tambem. Explico. Quando acontece alguma coisa de "ruim" para a pessoa - ma doença grave, uma morte de um ente querido, perder um emprego, enfim, podemos fazer uma longa lista. E o que escutamos, então? Por que eu? Ou seja: é uma inveja ao contrário... O que você acha? Bzus mil. Ethel Scliar.

Kall disse...

Meninaaaa to falando disso no momento..sendo mais sincera ainda com vc esse mes Junho me deixa depre pacas...e qdo vejo a animação, a programação para o dia dos namorados fico arrazada..rs
O que mais me incomoda é esse tema os outros sem querer ser boazinha demais eu realmente fico feliz.
Flavia amei seu site,gostei do blog depois de ler e saber mais sobre vc to com mais vergonha do fora no email ..rs
Bjossss sucesso sempreee.

Leda disse...

Essa frase foi a que mais ouvi durante os primeiros meses do ano...Jamais pensei que seria vítima desse sentimento devastador! E como dói, maltrata e destrói...Ainda ando na corda bamba, foi difícil aceitar pq eu nunca senti inveja de ninguém!
Ao contrário o sentimento que tenho qdo algo de bom acontece com alguém que gosto é a euforia, o entusiasmo!
Eu torço até qdo vejo os programas de tv em que percebo que algumas pessoas merecem ganhar algo!
Pois qto mais eu evidencio energia positiva para alguém mais ela vem de volta para mim e isso é um fato, mas infelizmente a minha felicidade incomodou alguns, ñ pela positiva e sim a negativa.
Sabe a maior característica do invejoso? Ele nunca elogia, fazendo um flashback descobri isso e me surpreendi!
Enfim, vou continuar como sempre fui pq a vida é um eco fantástico!
Bjs

Anônimo disse...

Não diria q sinto inveja, mas algumas vezes me pergunto: por que não eu? Acho que isso não é inveja e sim vontade de ter também. Ou será inveja!? hihihi

Bjos
Karol

clabrazil disse...

Talvez a palavra inveja tenha uma conotacao forte e negativa demais. Na verdade é um sentimento natural, intrínseco ao ser humano. Só que cada um o interpreta como quer ou pode.
Adoro seu blog! Vai lá visitar o meu!
Cla

simone disse...

Talvez pq, o sucesso do outro nos mostre o que deveriamos ter feito para sermos felizes, e não fizemos, mas pode ser tb. uma alavanca q nos impulsione p frente se decidirmos mudar nossa historia, fazer aquele regime, aquela ginastica, a viagem, o curso seja lá o q queiramos alcançar.bjs.Simone

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...