sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

MELHOR SER ATIVO OU PASSIVO?

- Mãe, onde se passa esta novela – meu primo de 6 anos perguntou à mãe dele que não perdia um capítulo de “A favorita”, novela global.

- Acho que em São Paulo, meu filho. Por que?
- Ah... ta... – ele respondeu pensativo. – Mas por que a gente tem que ficar tomando conta da vida desse pessoal lá de São Paulo? Por que a gente não toma conta da vida da gente?

Acho o máximo quem quer acompanhar novela. Acho o máximo porque são pessoas que doam um tempo precioso de suas vidas para ficarem de frente para uma televisão, durante meses. Tem gente mais generosa ainda! Emenda a das 6, nas das 7 e termina na das 8.

Os atores são ativos. Aliás, só eles não. Li em uma revista que autor da novela está ganhando R$120.000,00 por mês. E como isso acontece? Com a ajuda da minha prima, que deixa de cuidar da própria vida para cuidar da vida do pessoal lá de São Paulo, que nem existe.

Agora a novela acabou e minha prima toma conta da vida do pessoal lá da Índia. Enquanto isso, o marido dela cuida da vida do pessoal do Youtube.

Sabe onde a Cláudia Raia e a Patrícia Pilar estão agora que a novela acabou? Fazendo o mesmo que o autor da novela: curtindo os frutos de seus trabalhos. Ele disse que vai viajar, está de apartamento novo em bairro nobre. Minha prima o ajudou a comprar este apartamento!
Onde estão minha prima e o marido? Reclamando da falta de dinheiro, das diferenças sociais, lutando por cotas sem nem ao menos serem negros. Afinal, o ativo tem mais trabalho, mas sempre goza no final. O passivo reclama. Assim como as pessoas que perderam tudo na enchente, mas não perderam um capítulo da novela.

Mas ser ativo tem seu custo. Chegar em casa e ir ler um livro, ao invés de cuidar da vida do pessoal lá de São Paulo, mesmo que a preguiça seja soberana. Planejar o dia seguinte, aprender um idioma, fazer um bico, ao invés de cuidar da vida do pessoal do Youtube, tem seu preço.

Mas cada um escolhe em que posição quer estar. Ser passivo dá menos trabalho. Por isso, fico com esta para o fim de semana: Melhor ser passivo e cuidar da vida do pessoal de São Paulo, ou ser ativo e cuidar da própria vida?

7 comentários:

Lucia Cintra disse...

Ser passivo nao te leva a lugar nenhum (falo isso por experiencia propria) e fico contente que acordei agora e nao no fim da vida. Quando queremos algo devemos agir pra tornarmos nossos sonhos em realidade.

Eu nao consigo ficar na frente da TV por muito tempo, me da nervoso e literalmente ja vem na minha cabeca um monte de outras coisas que podia estar fazendo.

O pior sao as novelas daqui que duram decadas (nao meses, DECADAS). E tem gente que continua acompanhando durante esse tempo todo. Um horror! bjos

Mariachiquinha disse...

Ser passivo tem lá suas vantagens também.

Parar a sua vida para acompanhar a vida do pessoal lá de São Paulo,também é uma forma de fugir de seus próprios problemas, é recarregar as energias.

Querer ser ativo em determinado momento todo mundo quer, e quando quer de verdade corre atrás. No máximo fica no querer e nas reclamções.

Outras vezes, as pessoas se deparam com o tempo, e felizes ou não, a disposição para ser ativo não é mais a mesma. O tempo passou e tudo parece ser mais dfícil e pesado. Melhor deixar o lado passivo falar mais alto.

Imagina uma mulher de 67 anos, já trabalhou, criou seus filhos... Por que não se assumir passiva e relaxar em frente de uma tv e acompanhar a vida do pessoal lá de São Paulo?

Eu mesma, muitas vezes cheguei à casa moooorta de cansaço depois de ter trabalhado o dia inteiro, ter ido a faculdade a noite e ainda tinha que estudar em casa. Nada era mais relaxante do que desligar da minha vida e acompanhar a vida de outras pessoas.

Não acho nem errado, nem vergonhoso ser passivo. O problema e não saber viver a sua própria realidade.

Monica disse...

Adoro seu blog, tem dois selinhos la no meu blog pra você! :-)

Cheers! Fla disse...

Se vc nao toma redeas da propria vida nada vai acontecer para vc, sentar e reclamar eh facil, o dificil eh arranjar a solucao.

bjs

Jane disse...

Conheço pessoa"s" q são bem sucedidas financeiramente, têm seus projetos de trabalho, tem uma vida social "normal" e gostam de ver novela, alegam q é um momento de fuga, de esvaziar a mente e acompanhar a vida alheia, viajar mesmo... Eu tento entender, mas pra mim q nao consigo ficar mt tempo na frente da televisao e nao vejo a menor graça nas novelas é dificil...
Enfim nem todos q assistem as novelinha são passivos ou alienados, mas existem meios mais interessantes e saudaveis pra se distrair e esquecer os problemas neh?

Carolina disse...

Não sou fã de novela e não tenho tempo, mas não sejamos radicais, senão vamos ter que pensar na nossa passividade qto a cinemas, livros, cds e etc...
É o mundo e suas curiosidades por aí.
Cada um, cada qual.
bjos meus

Karen Moraes disse...

"Reclamando da falta de dinheiro, das diferenças sociais, lutando por cotas sem nem ao menos serem negros".(COm tom racista essa frase)

Vou sair um poukinho do blog...to sendo passiva...fuii..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...