segunda-feira, 25 de maio de 2009

Estamos cada dia mais perdidos?

Há algum tempo atrás a revista Veja publicou uma reportagem falando que o jovem tem nunca teve acesso a tanta informação, opções, tecnologia, mas também nunca esteve mais perdido.

Sexta-feira, conversando com uma agente literária, falávamos sobre assuntos diversos e ela comentou sobre o filho de uma amiga, de 25 anos de idade, que está completamente perdido.

Ele diz que a vontade dele é pular de um trem em movimento. Tem uma filha pequena, era casado, mas largou tudo, sem rumo.

É como se o mundo tivesse tantas estradas que escolher é mais difícil que trilhar o caminho esburacado.

Há pouco tempo atrás, a vida era simples: nascer, crescer,casar, ter filhos e buscar a felicidade.
Com o tempo quisemos a liberdade, a festa e curtir a vida adoidado. Aí inventaram a tecnologia que cresce a pernas longas. Juntando tudo isso resultou em: falta de direção.

Muitos jovens e até homens na casa dos 40 não sabem para onde correr. As mulheres estão tomando seus espaços no mercado de trabalho, ele mal sabe que papel exercer dentro de casa, afinal, não é mais o provedor, nem o chefe, é dispensado se fizer algo errado como descartável. Ele é o que mesmo?

As mudanças são ótimas, mas precisam de um tempo para serem digeridas, neste caso, gerações. Mas não estamos tendo este tempo.

Eu mesma me sinto perdida diante de tantas possibilidades. É como se tivesse um monte de coisas nas mãos, mas por fim não tem-se nada.

É como já ouvi por aí: o mundo está cada dia mais louco e os consultórios dos psicólogos mais lotados. Um amigo disse que é como se nunca fosse conseguir acompanhar a tecnologia e não soubesse o que fazer para ser valorizado e aceito na sociedade.

Para os que não vão ao psicólogo, nem têm um espaço para conversar fica a discussão: estamos cada dia mais perdidos?

4 comentários:

Drunken Alina disse...

Sempre fui perdidona.
As pessoas cobram demais.

Carolina disse...

Sim, o leque de opções está cada vez maior, sendo assim, mais opções mais indecisões.
A sensação é que se está correndo e o trem está descarrilhado, a mil e nunca conseguimos alcançá-lo.

Georgia disse...

É verdade, muitas informacoes, estao enlouquecendo as pessoas. O caso é que cada um está vivendo um mundo muito isolado.

Bjus

sheila alvarenga gogoi disse...

Eu li uma vez que ter muitas opções de escolha não é uma coisa boa,pelo contrário, é péssimo.

O stress de saber se escolheu a melhor opção arrasa com a pessoa. É muita informação no mundo!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...