terça-feira, 11 de agosto de 2009

Por que é tão difícil praticiar o desapego?

- Tem alguma roupa que não use mais para me dar? - meu primo de 12 anos pediu no domingo.
- Para que?
- Projeto social da escola.
Enrolei, enrolei até que chegou a hora dele ir embora e me cobrou as doações.

Fui até o guarda-roupa e procurei alguma coisa para não decepcioná-lo. Mas todas as roupas que saiam do armário com a mão direita voltava com a esquerda.

Para cada uma eu tinha uma desculpa. Por fim, dei três shorts de pijama e um biquini. Cortou meu coração vê-lo querendo ajudar pessoas e eu apegada a roupas que não uso há muito anos. E sei que nunca mais irei usá-las.
- Uma hora posso precisar desta blusa - argumentei comigo mesma diante de uma blusa azul anil fora de moda desde 1990!
Só se fosse na festa do cafona!
Raramente tenho tempo de ver Ana Maria Braga. Mas, ontem, em especial, a TV estava ligada e cheguei à sala exatamente quando ela dizia esta mensagem:
Tem coisa mais difícil do que o desapego?

A gente sofre pra se livrar de roupas, de sapatos. Passa anos olhando para aquele vestido no armário, achando que, um dia, vai surgir um evento.

É, pode até ser... Mas enquanto a festa não acontece, porque não deixar as coisas fluírem? Quando chegar a festa, um novo vestido vai te deixar mais bonita ainda.

Olhe em volta e veja quantas coisas você possui hoje e não usa... Ou há anos nem vê. Sabe aquelas caixas fechadas que a gente só lembra que tem quando se muda?

O desapego "ventila" a vida e abre espaço pra coisas novas. Limpar armários, prateleiras e gavetas dão mais leveza pra casa e pra cabeça da gente...
Às vezes a gente está envolvida numa relação com o namorado, o marido e até o amigo. Aí a gente fica achando que está tudo pesado, que a troca não está sendo justa.Ou que o outro fica longe demais, dá menos do que a gente espera...
Enfim, você descobre que merece mais, que quer mais de um amor.Aí bate aquele medão de deixar ele ir embora.É verdade: a gente se apega até aos amores errados.

Às vezes a gente nem ama mais, mas tem pena de se desapegar daquilo que sentiu um dia.Aí é só tomar coragem, deixar o amor errado ir e esperar.

Acredite:Outros amores virão, mais leves, mais bonitos, mais parecidos com você.Não tenha medo de fazer uma faxina na sua casa e no seu coração de vez em quando. Não dizem que deus, quando esvazia as mãos da gente, é pra poder encher de novo?
Tenho certeza de que não estava na sala por acaso. A mensagem foi enviada para mim e para que eu a trouxesse para cá. Mas a resposta para a pergunta vamos ter que descobrir: Por que é tão difícil praticar o desapego?

39 comentários:

Georgia disse...

Flávia, sensacional o post.

É isso mesmo, nós somos apegados a tudo.
Quando eu viajo e vejo a casa das pessoas em determinados países e que elas só têm o essencial para viver; eu tb me pergunto porque eu amontoo tanto lixo no meu guarda-roupa com a desculpa de que vou emagrecer e usar aquela blusa, claca ou bermuda de 5 anos atrás.
Eu já estava querendo fazer uma limpeza e agora com esse seu post foi empurraozinho que eu precisava.

Valeu.

um beijo

Meri Pellens disse...

Olá! Retribuindo visitinha e conhecendo seu espaço. Belo post, difícil pôr em ação, né? Bj.

Carmem disse...

qd decidimos morar juntos, meu namorado disse que nunca tinha visto tanta tranqueira na vida! a cada é grande, mas precisei me desapegar de algo. sou jornalista há dez anos. sempre guardei TODOS os meus bloquinhos com entrevistas. eram três caixas... tive dó... mas alguma coisa eu não consegui mandar pra luz! rsrsrs. mais recentemente tivemos um problema e nos separamos por um período. curto, mas separação. 1 mês. não foi um período fácil. a gente se acostuma demais! mas consegui me desapegar. e pude descobrir que sem ele, eu sofro sua ausência, MAS SOBREVIVO. e acho que perceber que não dependo dele pra viver, que o fez "acordar para a vida". e agora percebo que o nosso relacionamento está muito melhor que aquela época de início de namoro. nos casamos!

Cynthia Zanon disse...

Boa pergunta!

June disse...

Acho que é por essa mania de controle sabe? Dar uma coisa é perder o controle sobre ela.
Mas devem ter milhares de outras razões também...
mas prá mim é a dificuldade de encarar a falta de controle.

Isadhora disse...

eu nao sei...
ajo igual a vc...
e me faço a mesma pergunta!!!
óhhh vida

Claudia Acourt disse...

Porque acreditamos que ainda pode ser feliz com aquilo que mantemos. Ao menos comigo é assim.

Flávia disse...

Bom será que vou ser a única a pensar diferente? Eu consigo doar minhas coisas numa boa, se não uso, passo para frente. Sou assim até com as roupas dos meus filhos...não guardo nada! Tem horas que me arrependo, mas logo passa. Aqui no sul está muito frio e acho maravilhoso você poder aquecer alguém. Beijos.

Poesia do Bem disse...

verdade mesmo, muito difícil a gente largar mão das coisas, bjs e obrigada pelo comentário em visita ao meu blog, continue me acompanhando se desejar me siga, bjsssssssssss

Liciane disse...

Adorei o post!!!
Não sei a resposta, gostaria muito de saber!!
Sobre o amor acredito que as pessoas têm medo de não aparecer outro amor... e daí ficar só.
Então é melhor ficar com o que tem.
Medo da solidão!
Adorei teu blog!!!!
Vou te seguir!!
Bjss

Ge Rocha disse...

Oi, obrigada pela visita, Adorei conhecer o seu tbm, um conteúdo muito informativo sem apelação crítica moral. Parabéns, continue!

Anônimo disse...

外籍新娘 外籍新娘
大陸新娘 大陸新娘
越南新娘 越南新娘
東北新娘 東北新娘
廣西新娘 廣西新娘
吉林新娘 吉林新娘
福建新娘 福建新娘
中國新娘 中國新娘

Mosana disse...

lindo texto.. eu li algo parecido do paulo coelho hoje mermo... e tb tento praticar o desapego.. segundo a minha mae.. pratico até de mais, e ela de menos, eu acho.
adorei seu blog, obrigada pelo comentario no meu volte sempre q quiser...
kisses

Renata disse...

isso eh verdade...
mas volta e meia eu dou um limpa aqui em casa, que as prateleiras e armarios ficam pelados...
comigo sao por epocas...
nao desapego de nada... mas jah em outras, nao quero nem saber quem pintou a zebra... me desfaco de tudo mesmo...
essa eh a minha "reciclagem"... kkkkk dai tenho mais espaco pra mais....
:)
beijo!

Consultora Sentimental disse...

o desapego abre os canais para a vida fluir livremente.
espero que as pessoas entendam e efetivem esta prática.o mundo será bem melhor.
um bj!

Luciana Guimarães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana Guimarães disse...

Oi. Vim retribuir sua visita. Lendo seu texto, lembrei de meus diários de infância dos quais não consigo me desfazer. Embora me tragam boas recordações, os diários só acumulam poeira. As roupas eu gosto de liberar espaço para as novas. Mas algumas têm valor sentimental, dessas não consigo abrir mão. Quanto aos estereótipos, jamais os aceitarei, embora compreenda os processos pelos quais foram construídos. Aceitá-los seria uma espécie de aval, o que iria de encontro comigo. Ser baiano, paraibano, ou de qualquer lugar, não é sinal de ser superior ou inferir... rsrsrsrs

Dea アンドレア disse...

Adorei o post!
Eu era assim,super apegada as minhas roupas. Ai comecei fazendo bazar com as minhas irmãs e primas...e assim começamos o desapego rs... Vou te seguir!!!
*Bjos*

Leonor disse...

Desapego é algo q temos q treinar...infelizmente não conseguimos "resolver" isso de uma hora pra outra...
Mas esse post me inspirou a "limpar" o guarda roupa.
Bjo e brigadão pela visita...amei o blog, já estou seguindo^^

Gisa Dias* disse...

Oiii, curti o seu blog, estou lhe seguindo... se quiser me segue lá... vamos compartilhar experiencias!

bjokas*

Kátia Ruivo disse...

Hummm, te achei através do blog da Ge, dei logo de cara com esse post que tem tudo a ver com o meu momento...é difícil mesmo, tb sofro pra me desapegar das coisas, ms ando me policiando, tranco o coração e vez por outra tento renovar os ares dos armários, das gavetas, da vida...há um tempinho atrás fiz um texto sobre o assunto, passa lá no colcha e dá uma olhadinha, esse é o post:

http://colchaderetalhoskr.blogspot.com/2009/06/tempo-de-esvaziar-as-gavetas.html

beijos

Carolina disse...

Oi Flavia, o meu penúltimo post é uma edição de um antigo post que fala justamente sobre o desapego emocional sob o título Desapego não é esquecimento.
Mas referente a objetos tenho a mesma dificulade que a sua, apesar de ser a favor de faxinas em armário e acredito que toda a faxina faz bem até pra alma, mas daí a me desapegar das coisas que eu acho que vou usar um dia, é difícil pra caramba.
Admiro um monte quando vou na casa de alguém e percebo que as vivem com o essencial.Tento ser assim, qdo me dou conta já acumulei de novo.
bjos

Anônimo disse...

八八水災重創南台灣,歡迎到我的網站回憶南台灣的水山風光~~~

台南旅遊 台南旅遊

台南一日遊 台南一日遊

墾丁包車 墾丁包車

高雄租車 高雄租車

日月潭旅遊 日月潭旅遊

日月潭包車 日月潭包車

高雄一日遊 高雄一日遊

墾丁旅遊 墾丁旅遊

墾丁一日遊 墾丁一日遊

墾丁旅遊網 墾丁旅遊網

高雄縣旅遊 高雄縣旅遊

阿里山旅遊 阿里山旅遊

Alethéa Casal disse...

Olá, adorei seu blog! Belos textos! Abraço!

Celia Rodrigues disse...

Acho que posso dizer que sou uma pessoa desapegada. Ou pelo menos tenho exercitado o desapego. Sempre faço doações de roupas e objetos que não desejo mais para um bazar beneficente de uma igreja. Tudo bem que às vezes - raras vezes - me arrependo de ter doado uma ou outra peça... Mas depois passa. Rsrs!

Anônimo disse...

台灣南部高雄地區值得您信賴的婦產科診所
試管嬰兒
精蟲分離
多囊性卵巢
婦產科
不孕症
肉毒桿菌

Linda Carioca disse...

Bom, toda vez que fazemos alguma faxina sempre nos desfazemos de alguma coisa.

É bom, dá um alívio e sensação de leveza !

Beijos !

Tata disse...

Eu nao sou nem um pouco apegada com roupas,compro muito e dou muito tb.Adoro organizar o guarda roupa,haha.Faco isso pra minha irma,amigas,mãe.

Bjos e tb gostei do post.

Tata

mari disse...

Vim retribuir a visitinha...
Eu tbm sou assim, quer dizer, quem naum eh assim...Tem roupas, que eu naum uso a anos, que naum cabe nem mais em mim, ou sisplemente akela roupa que eu comprei e que eu nunca usei pq achava feia e mim, e qndo vem a oportunidade de a gente dar elas, ficamos com dó....pode?
O desapego eh fogo!!!!
E realmente, tda mulher produzida eh uma diva...
bjaum

Bonitas e bacanas disse...

É díficl praticar o desapego, é difícil não comprar alguma coisa que vc não precisa realmente, mas quer.
Tudo gira em torno do ter, né? Quem tem mais é melhor. As propagandas, as novelas, tudo tá sempre aí dizendo isso pra gente.

Mas se vc consegue se desapegar, tbém é bom, pq vc sabe que alguém que não podia comprar vai ficar muito feliz com aquilo.
Bjs

Rejane disse...

Oi Flávia,
olha, realmente ser desapegada a certas coisas é muito difícil.
Roupa, objetivo pessoal, livro então, nem se fala. Hoje em dia, tenho tentado praticar isso, mas... não é fácil.

Ah, tem selinho no meu blog pra você. Sinta-se à vontade para não postar, caso não goste.

Abraços.

Anônimo disse...

HI:nice to meet you!
這裡提供一個生活食衣住行的分享平台,歡迎參觀與指教,thanks!
美食資訊:
蛋糕,彌月蛋糕,乳酪蛋糕
巧克力,chocolate,巧克力蛋糕
住宿資訊:
MOTEL,汽車旅館,台中住宿
日韓服飾:
日系服飾,服飾批發,流行服飾
看護資訊:
看護,居家看護,看護中心
看護,居家看護,看護中心
看護,居家看護,看護中心
法拍資訊:
法拍屋,法拍屋,法拍
汽車百貨:
大樓隔熱紙,汽車隔熱紙,隔熱紙
保健資訊:
保健食品,樟芝,納豆
婚姻仲介:
外籍新娘,外籍新娘,外籍新娘
大陸新娘,大陸新娘,大陸新娘
越南新娘,越南新娘,越南新娘
寵物飼養:
柴犬,拳師犬,哈士奇
居家生活:
室內設計,室內設計作品,歐化廚具
系統櫃,系統傢俱,傢俱,裝潢

Bia Mendonça disse...

Flávia, escrevi um post sobre isso há uns dias atrás. E me eprguntava a mesma coisa... a dificuldade de se desapegar de todas as coisas, até mesma de coisas que sabemos o quanto faz mal pra gente. A conclusão que eu cheguei foi que é difícil praticar o desapego, pq é difícil deixar o conhecido ir, largar o que conhecemos, oq é confortável... para se aventurar no desconhecido. É o medo, e é sempre o medo que faz a gente pensar 2, 3, 4 ou 5 vezes antes de deixar uma coisa velha abrir espaço para uma nova!

bjs

Teka disse...

Adorei! Parabéns pelo post!
O meu problema está longe dos bens materiais.... meu problema é ser possessiva com gente.
Faço um limpa no meu guarda-roupas a cada 6 meses... o problema é fazer o "limpa" no coração....rs
Uma linda semana.
Beijos

Claudia disse...

Muito legal o texto e muito a propósito desses tempos em que vivemos.
Há algum tempo que venho exercitando o desapego e tenho conseguido. As vezes é mais fácil as vezes não.
Acredito que o importante é continuarmos nesse caminho.
Uma ótima semana!

Anônimo disse...

潘朵拉日韓服飾購物商城-日韓服飾、服飾批發、流行服飾、韓國服飾、日系服飾、精品服飾、日韓服飾批發、雜誌款服飾批發、女裝服飾批發、時尚服飾批發、少女服飾批發、衣服批發

心安居家看護中心提供:醫院看護、居家看護、家庭看護、看護中心、外籍看護、私家看護、外勞申請、居家看護、家庭幫傭、外勞直聘、人力仲介

禾雅堂經典乳酪蛋糕提供精緻乳酪蛋糕、彌月蛋糕、巧克力、chocolate、cheese cake、原味乳酪蛋糕、日式抹乳酪蛋糕、松子黑糖乳酪蛋糕、密釀蔓越莓乳酪蛋糕、印度野芒果乳酪蛋糕、巧克力乳酪蛋糕、頂級圭那亞乳酪蛋糕等多種口味,歡迎參觀與選購。

Paulinho damascena disse...

E a pura verdade, o desapego é coisa que poucos praticam. Eu sou assim como vc, tenho tantas coisas que nem uso mais, que poderia dar pros outros e continuo mantendo em meus aposentos.
Tb na minha vida, tantas coisas eu poderia ter já desapegado. A vida é um constante desapego ou seria um constante desacerto!!!!
Gostei do texto

Espero sua visita ao meu Blog

http://pcsouzabv.blog.uol.com.br/

Elaine disse...

Olá!
Até por que quando a gente acumula demais não sobra espaço para aquilo que é essencial...
Beijos e belo post.

Cheers! Fla disse...

ontem mesmo enchi uma sacolona dessas de lixo pretas soh de roupa que nao uso mais para doar. Jah tem outra esperando, cheia de coisas da Victoria, nao guardo nada, pois sei qtas pessoas precisam e tbem depois de tantas mudancas na minha vida, eh um saco arrumar mala e caixas com coisas que vc nem usa mais...

Em sentido ao relacionamento acho bem mais dificil vc sair de uma relacao desgastada, pois o emocional nao bate com a cabeca, tem a rotino, a gente fica acomodado, etc.

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...