quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Meu realista parente está certo? Ninguém gosta de carne podre?

Na fila do supermercado na segunda-feira um homem folheva uma revista de fofocas com a mulher. Ao ver uma foto do Antônio Fagundes com a namorada, algumas décadas mais jovem que ele, disse que ele já foi galã e que hoje é um senhor como qualquer outro homem e qualquer mulher que o namore é por dinheiro ou carreira.
Aí a mulher dele comentou que estava certo porque a namorada dele vai participar de uma novela junto com ele.
Chegando em casa fui correndo ver a tal foto dos dois na revista de fofocas. Covenhamos, Fagundes ainda é chamoso, mas o cara da fila do mercado está certo, parece um senhor. Tem e aparenta seus 60 anos.
Na tal revista também estavam Suzana Vieira e seu, como diria uma amiga, bisneto. Mas se ela está podendo... Que pegue o tataraneto. É só lucro.
Mas aí achei algo ainda mais aterrador, Barbára Paz com Hector Babenco. O belo casal acima. Até Suzana Vieira ficou parecendo menos estranha com o namorado.
Mostrei a foto acima a algumas pessoas para ter certeza do que estou falando. Afinal, tenho teto de vidro, meu namorado é treze anos mais velho que eu.
As opiniões foram as mais assustadoras diante do carnaval de casais. Uma pessoa sugeriu que Suzana deveria estar com Fagundes e seus companheiros juntos. Os casais estariam trocados.
Uma pessoa da minha família certa vez comentou comigo sobre a importância de estar com alguém de idade parecida. Não só pelos motivos já batidos e genéticos, mas também porque o mias jovem tende sempre a se influenciar demais. Tornar-se quase um produto do que já viveu muito mais.
Para completar disse algo assustador! "Flavia, gosto não se discute. Alguns gostam de carne mal passada, outras no ponto e alguns torrada, mas ninguém gosta de carne podre. Se come tem algum interesse por trás." De início argumentei, mas diante dessa foto fiquei me perguntando se meu realista familiar estava certo...Meu realista parente está certo? Ninguém gosta de carne podre?

12 comentários:

mitti disse...

Flavia eu concordo e até digo mais....

alguma modelo namoraria Ronaldinho Gaúcho se ele fosse frentista???

Peloamordedeus né??? Bobo é ele que acha que todas se apaixonam pelo belo sorriso dele...hahaha

bjoka

Desabafando disse...

olha...não quero parecer preconceituosa...mas eu acabo concordando com muito do que vc expos no seu post. Eu acho estranho certos casais e esses são alguns deles...eu acho que diferença de idade demais atrapalha, pq os pontos de vista, as experiências e a maturidade são totalmente diferentes.

Lúcia Soares disse...

Claro que ninguém gosta de carne podre. E claro está que há interesses ocultos ou claríssimos que levam esses relacionamentos tão discrepantes à frente. Ainda há o preconceito muito maior de mulhermaisvelhaXhomemmaisnovo ganhando de homemaisvelhoXmulhermaisnova.
Essa relação da Bárbara Paz me parece de pai e filha. Ela perdeu o pai muito nova, deve estar à procura de um substituto...Homem não precis ser bonito, basta um charme, mas o Babenco nem isso tem. Fora que é de uma grossura total, pelo menos em entrevistas.
O caso Suzana Vieira nem merece comentários, ela é esse "horror", vai ficar sempre à procura do muito jovem, porque daí imagina que achou a sua fonte da juventude...
Fagundes está gordo, com a boca bamba, a fala quase inintelegível, aqueles cabelos todo branco lhe deu um ar muito cansado. Quanto à namorada em questão, disse ela que faz teatro há 13 anos e já fez participação em Celebridade e outras, e que não precisa dele para aparecer...
Enfim, fica quem quiser com quem quiser, o que vale é o amor...(se houver...)
Acho que quanto mais próximas as idades, melhor a convivência, mas tudo nesse mundo tem sempre 2 lados, 2 versões, (ou mais...). Então, o melhor é viver o amor, sempre, seja com que idade cada um estiver.
Mas carne podre, jamais! Bj

Josy disse...

Eu mostrei essa foto para o meu esposo agora e me disse, GOOD GOD!
Ele assiste comigo a novela viver a vida (ele nao e brasileiro) e falou que ela era muito feia e disse que ela era antes a namorada do Supla, ele disse combinam. rs
Sem brincadeira agora, eu achei o fim e ja tinha visto essa foto antes e algumas outras e fiquei chocada (meu esposo e mais velho 11 anos) mas namorar um homem que parecer ser o avo dele nao da. Depois as pessoas perguntam, nossa essa garota esta na Globo? Claro, e so olhar com quem esta namorando.
Bjs

Carolina disse...

Acredito que o interesse existe em qualquer tipo de relação. Seria hipocrisia dizer que as relações não se baseiam nisto, mas o problema é que estamos acostumados a levar esta palavrinha sempre pro lado negativo.

Bjos queridos pra ti!

Carolina disse...

Acredito que o interesse existe em qualquer tipo de relação. Seria hipocrisia dizer que as relações não se baseiam nisto,é o primeiro passo para que haja contato. As pessoas não são tão altruísta ao ponto de se despir de tudo e estreitar relações sem nenhum desejo por trás, seja ele qual for.O problema é que estamos acostumados a levar esta palavrinha sempre pro lado negativo.

Bjos queridos pra ti!

Lily disse...

Querida seu parente está CERTO!!! e berro pra todos ouvirem, um exemplo é meu pai, tem 61 e vive com biscatinhas atrás de sua aposentadoria, ninguem arruma sua casa nem lava suas roupas, morro de raiva da sua ingenuidade (burrice mesmo), mas fazer o que? minha amiga diz que ainda vou ficar apaixonada por um homem mais velho só pra pagar lingua, falo que sim dependendo da sua conta
bancaria rsrsrssrsr.

Georgia disse...

Ai que o caso é sério, porque os interesses sao outros, os assuntos tb e as amizades nem se fala.

É tudo muito vazio tudo isso.

É muita baixaria tudo isso.

Bjao

Beta disse...

Complicado isso ein Flávia!!!
Que questão difícil...
Cada um na sua né, mas que é bem estranho, isso é...
Vai saber!
Gostei do comentário da Mitti, pode ser mais ou menos por aí...

Dri Viaro disse...

Bom dia, chegou fim de semana!!

Por isso lhe desejo que vc fique com os seus, e aproveite totalmente estes 2 dias de folga.

bjssss

Raiana Reis disse...

Oi Flávia! Acompanho seu blog pelo feed, leio todos, ainda que não comente sempre por falta de tempo, gosto muito da interação dos seus textos, porém confesso que em minha opinião esse teve um toque um ‘pouco infeliz’... Também sou mais uma que me assusto qdo me esbarro com alguns modelos de relacionamentos, estes assim de perfis aparentemente tão distintos causam impacto na sociedade, mas costumo me policiar a tudo que chegue a mim de forma tão alheia e resumida. Como podemos diagnosticar uma relação e os motivos para existi-la sem sequer conhecermos as pessoas envolvidas? Por tal pensamento, não me interesso pelas revistas de fofocas de famosos, dar palpite na vida alheia é um poder que não me pertence. Por quantas vezes na vida podemos estar envolvidas em situações tão próprias e íntimas não facilmente compreendida pelos demais? Será que diferença de idade somada à poder (seja ele qual for) é sempre resultado de algum interesse leviano? Concordo com o comentário da [Carolina] interesse é comum em todas as nossas atitudes, será que tais exemplos não podem estar interessados simplesmente em ser feliz?! Quero enfatizar que entendo a discussão que vc busca no blog, sempre terminando com o questionamento, o único detalhe que acho desfavorável (e espero que entenda que é uma opinião com intuito construtível) é a analogia do tema já por natureza de 'meter o bedelho na vida alheia' somada ao adjetivo de 'carne podre'. Será que os atrativos de genialidade e outros tantos que podem ter homens como Hector Babenco ou Fagundes são desprezados e os tornam “carne podre” apenas pelo amadurecimento de sua idade em relação a quem os acompanha?!

Beijos
Tocou!
Rayos de Luna

Cheers! Fla disse...

Nossa, o Paul tbem eh 13 anos mais velho que eu :-) Mas nao sei,20-30 anos de diferenca eh meio estranho.

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...