quarta-feira, 10 de março de 2010

A raiva muda o que aconteceu?

Algumas pessoas são tão felizes que irritam. Dão risada diante até mesmo da pior das piores coisas.
O pior não é o outro ser feliz, mas sua felicidade gratuita nos fazer aflorar um sentimento de: por que não sou assim?

Há algumas semanas atrás estava aguardando na sala de espera de algum local, não lembro onde, mas a TV estava ligada na Ana Maria Braga. Como convidado ela tinha o diretor de TV Jorge Fernando.
Todas as vezes que ele aparece está rindo tanto que você até se empolga de início e faz o mesmo, mas depois se pergunta de onde vem tudo isso que não há dentro de você. Não é ser bonzinho, é uma capacidade de ser feliz mesmo! De verdade!
Fui ficando irritada com aquele bando de sorriso logo num dia em que eu estava como uma panela de pressão. O mundo parecia estar fazendo graça com a minha cara, por pura diversão.
Já ia parar de prestar atenção quando a Ana Maria perguntou algo como: de onde vem esta alegria toda?
E ele respondeu algo como:
- De como você se posiciona diante da vida e do que acontece. Se algo cai no chão e quebra, você pode dizer: Que droga!!! cheio de raiva. Ou pode dizer: nossa... que droga... e dar um sorriso.
Uau! Fiquei pasma com aquela boba, mas clara explicação. Crescemos com os pais fazendo cara de bravo quando fazemos algo errado e vamos levando isso para a vida toda. Enquanto somos crianças isso é necessário para entendermos a diferença entre o certo e o errado, mas acho que nosso cérebro não entende que não precisamos mais da raiva para entendermos que aquilo não é certo.
Mas, mesmo diante das evidências., ainda sem estar convencida de que a vida pode ser sempre assim tão light estou até hoje tentando me convencer e me perguntando diariamente: a raiva muda o que aconteceu?

10 comentários:

Alicinha disse...

Muda, com certeza muda, a forma como a gente encara,um tombo, um atraso, uma conta sem esperar, pode sim mudar todo o curso das coisas, e alterar todo o nosso dia, com uma sequência de palavrões e de patadas que podemos dar nos que se aproximam da gente, simplesmente por não estarmos contente com alguns acontecimentos.

Desabafando disse...

Acho sua pergunta excelente...mas acho que se vc está bem consigo mesmo e com sua vida, dependendo do tamanho do problema, conseguirá passar por cima dele numa boa sem se alterar muito mesmo que deveria sentir raiva. Digo isso pq tb não entendia essa felicidade de algumas pessoas mas como entrei numa fase boa, certas coisas perderam a importância sabe? Mas é lógico que num momento de raiva a coisa muda.

Dri Viaro disse...

Pois é, o ser humano geralmente é assim, ao inves de sorrir, faz cara de mau, rabugento....a maioria das pessoas é assim. Mas tente dizer: Glória a Deus qdo algo que não seja bom te acontecer, toda a ira passa na hora, faça o teste.

bjss

Malu Botta disse...

Oi, sua pergunta caiu em uma D.R. constante que acontece aqui em casa. Meu marido é do tipo "tempestade em copo d´agua" e eu sempre tento amenizar as situações, porque eu penso assim, já estamos no meio do problema, porque torna-lo ainda pior com cara feia, braveza e falta de paciência, é muito mais leve passar pelas coisas dificeis sem se deixar abater, sem descontar nos outros, sem fechar a cara para o mundo. Ás vezes é dificil, mas eu sempre tento!

LICIA TATIANE disse...

Claro que muda,nós costumamos colocar um peso enorme nos problemas,muitas vezes sou assim.Depois de algum tempo,problema passado,revejo e aquilo já não tem nenhuma importancia.

Linda Carioca disse...

Acho que o Jorginho é um grande exemplo de bom humor. Claro que ninguém é feliz o tempo todo mas as coisas mudam dependendo da forma que você encara os fatos.

Acho que muitas vezes as pessoas fazem tempestade em copo d'água e que muitas vezes devemos fazer mais por menos.

Beijos !

Sylvio de Alencar. disse...

Bem...
Bem... como dá para se perceber, o Jorge Fernando (dá pra ouvir a mãe dele:
- JORGE FERNADO!!! VENHA CÁ!!!!!!!), tem um olhar digamos, meio 'vidrado'...
Disso podemos inferir certos dados de sua personalidade...

Passemos ao ponto central: nem raiva, nem sorriso muda o que aconteceu. MAS, sua ação conta. Norte que não falei em 'reação', que é uma ação modificada por condicionamentos vários como bem vc citou.

Na verdade, fazer isso requer um certo conhecimento de quem vc é, para se chegar a ações NATURAIS e não condicionadas. Isso requer um conhecimento de Quem Você Realmente É.

Laly Ribeiro disse...

Ah! Alto astral e mau humor mudam qualquer dia, qualquer pessoa e qualquer situação!! rs

Bjks

Carolina disse...

A raiva não muda, não altera nada, mas faz paret do que nos compõe. É uma reação natural, não somos feitos de atitudes positivas por mais que queiramos adotar este tipo de condição.
Como diz o Frejat numa canção: rir é bom, mas rir demais já é desespero.

Bjão

Georgia disse...

Pôxa, legal, gostei e aprendi.

Bjao

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...