quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Qual é a sua causa?

Quando fui a Boston em outubro ouvi de um amigo:

- Eu me encontrei nessa causa de defesa dos cachorros.

Parecia que aquilo preenchia sua vida de alguma maneira. Aquela causa / paixão. Escolhida por amor e não para ser bonzinho. 

Em Split, na Croácia, entramos em um fila achando que era da pizzaria. Logo disse:

- Luiza, se tem fila é coisa boa!  

Como era num beco, era meio confuso. Até que alguém nos desconfiou e nos alertou de que aquela era uma fila de doação de cesta de Natal para desempregados.

Eu sai da fila, mas meu coração ficou inquieto. Pensei nos meus sonhos de voluntariado, por onde eles andariam...?

Há anos atrás, quando as mulheres ainda não estavam tão dominadas pelo mercado de trabalho e um egoísmo da sociedade do salve-se quem puder, nós ajudávamos nos projetos da igreja, pertencíamos a grupos de ajuda e olhávamos para o outro com mais dignidade.

Meu ídolo de boa vontade é Angelina Jolie. Ela faz tudo o que eu gostaria de fazer se estivesse em sua posição. 1. Adotar crianças do mundo inteiro. Ao menos do Brasil está na minha lista. 2. Ir a países esquecidos pelo mundo ou que passaram por catástrofes.

Aqui em Londres, fico pensando que quem viaja pouco para fora do país tem o hábito de dizer: Europa é primeiro mundo! Depende... Pode até ser mais desenvolvido que no Brasil, mas até aqui precisam de gente para voluntariado. E muita gente! Nos EUA, a mesma coisa.

Por isso... hoje, quase 15 dias depois de ter saido daquela fila em Split, na Croácia, já sei qual será minha meta de voluntariado assim que colocar os pés no Brasil, mas para criar a corrente achei legal trazer para cá. E você? Qual é a sua causa?

28 comentários:

riffel news disse...

este seu POST caiu-me como uma luva. Venho pensando na minha causa há muitos anos e de uns tempos pra cá percebi que as duvidas e questionamentos ficaram mais fortes. Ainda estou em busca da minha causa, mas recordo-me que na adolescencia falava muito em ir a países mais pobres para ajudar...qdo em 2008 fui a uma reuniao de voluntarios alemães que faziam pelo Brasil: chorei de emoção. Estavam ali reunidos um "bando" de alemaes preocupados com o "meu Brasil" e eu estava preocupada com países mais pobres que o BR? Naquele momento a ficha havia caído mais um nivel no meu sistema de "cair na realidade & cair a ficha"... Por que sempre achamos q temos q ir pra fora pra fazer algo? vamos comecar pela comunidade na qual estamos inseridos, oras. Há tb vizinhos que gostariam da sua ajuda. Ja pensou naquela senhora que precisa d ajuda pra fazer compras? ou aquela mãe que queria "tirar uma folga" do bebezinho dela para que ela possa ter um tempinho pra si mesma, pra "relaxar"? Podes ser voluntarias na nossa comunidade. Obrigada pelo empurrão Mari, este ano de 2011 será diferente. Comecarei agora mesmo. Somos jovens (30) e estamos cheias de energia, não é mesmo? E viva as Voluntarias !!!!!

Luciana Klopper disse...

Eu se pudesse trabalhar sem ser pela grana, eu iria ..na verdade isso ainda vai acontecer na minha vida, trabalhar com os paratletas!!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Betina que ótimo seu depoimento, sempre bom ler sobre histórias como a sua, mostra que temos muito a fazer. Eu depois conto qual será minha causa. Deixa eu colocar em prática primeiro.

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Lu, nem precisa ser algo tão total assim, como disse a Betina às vezes é só mesmo olhar para o lado.

Mas bom saber que se interesa por esta causa tão nobre.

Elaine Paiva disse...

Eu adoro cachorros. Tenho dois que adotei quando estavam em situação de risco, mas o meu sonho mesmo é poder ter condições e um lugar para abrigar muito mais e cuidar deles para que possam ser adotados tb. Estou planejando isso há um tempinho e espero que em 2011 vire realidade. Agora quer saber qual é a minha causa imediata? Fuçar todo o seu blog e me redimir por só te-lo encontrado agora...rsrs. Bjo :*

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Adorei Elaine!!!

Espero que goste de tudo o que ler por aqui!

Beijos e bem vinda!

Malu disse...

Eu e minha família sempre tentamos ajudar de alguma maneira alguém que precisa...Seja com sacolão na igreja, onde tem as famílias necessitadas( dá para fazer um sacolão legal por no máximo 55,00, barato neh...e bem completo). Também com sacos de ração para cachorro na ong, qdo tem um animal atropelado ou doente a gente arranja alguém para adotar e paga o tratamento...fora os que ficaram lá em casa...rss...nós temos 8 cachorros (5 adotados), fora os que já faleceram de velhice...e acabaram dando lugar aos novos...
No ano passado jogaram uma cachorra grávida lá perto de casa, ela criou, e nós começamos a arranjar donos para os 9 filhotes, no orkut, na feira, na cãominhada e conhecidos. Todos foram adotados, pena que a cachorra acabou ficando, mas ela sempre ganha comida, tanto nossa, como dos vizinhos...Não dá para ajudar todo cão de rua, mas dá para tentar fazer o mínimo por ele.
Como a nossa amiga falou, muitas vezes quem precisa está na nossa frente.......é só ver....
Seja qualquer ser vivo...

Malu disse...

Flavia, eu gostaria de te agradecer por fazer esse blog....ele é muito inspirador, ainda bem que eu vivo no google e acabei te encontrando...nem me lembro como, mas achei...hehe...
Cada vez que visito, sinto uma ótima energia, eu já estava me preocupando com meus 26 anos, logo 27..kkkkkkk... e conhecer esse blog foi tudo de bom....mesmo não me conhecendo e sem saber, você é minha amiga.......quero dizer nossa amiga... ;P

Lucia Cintra disse...

A minha tb eh de ajudar animais, como seu amigo. Nao so faco parte de 3 sociedades protetoras de animais aqui, as quais eu ajudo financeiramente, mas tb voluntario em uma delas aqui perto de casa.

Vou la, checo os cachorrinhos, saio por ali pra passear com eles e isso me enche de alegria, principalmente quando eu volto e vejo que varios nao estao mais la, pois foram adotados.

bjos

♥ Erika Saab disse...

Gosto muito de animais, várias vezes já pensei em me associar a ongs de proteção aos animais, mas toda vez que penso em "ajudar", penso sempre em fazer uma doação de coisas materias e lendo seu post notei que algo que talvez nos falte seja a disposição para doar nosso tempo, alguns por serem muito atarefados, outros porque acham que não sabem fazer nada que possa ajudar alguém. Boa reflexão para este ano que começa.

Cheers! Fla disse...

Oi Fla, antes de mais nada AMEI nosso encontrinho ontem! Nem vi a hora passar!!!

Bom, a minha causa? Acho que criancas. Nao acho que crianca deveria sofrer nunca e me corta o coracao. Qdo morava nos EUA tentei voluntariar com crianca e estava decidida, mas era em um hospital e antes mesmo de ir comecei a pensar nas criancas ali doentes e se eu nao conseguisse me segurar e comecasse a chorar??? Desisti e olha que nunca desisto de nada!
Entao eh isso que quero, algum desses dias voltar com a minha idea de voluntariar com criancas e vou ser forte :-)

bjs

Raquel disse...

Uma causa nobre que já venho projetando em 2010 é o seguinte: em frente à minha casa abriu um abrigo de crianças "abandonadas", como meu filho tem muuuuuuiiitttoooossss brinquedos, a causa para 2011 é: a cada 1 brinquedo que ele ganhar, ele escolherá 1 para doar... E ainda irá até o abrigo comigo para conhecer a realidade daquelas crianças e saber como a vida é fácil para uns e dificil para outros... Acredito que assim, ensinarei meu filho a não pensar somente nele e a conhecer melhor o mundo em que ele vive...

Outra causa que tenho para o futuro é adotar duas crianças, um casal de irmãos de mais ou menos 4 anos... Mas isso só vai acontecer quando já tiver meu segundo filho e tiver bem de vida (financeiramente)...

Esse é o projeto: ter dois filhos da minha barriga e dois adotados!!! Tenho certeza que Deus vai me ajudar a tornar esse sonho possível!!!

Beijos e muiiiiittasssssss saudades...

Albuq disse...

Eu quero fazer um trabalho voluntário com relação a educação quando terminar meu curso.

Malu disse...

Gente!!! Vocês comentaram sobre crianças neh...lembrei de algo muito importante...qdo forem fazer uma doação de brinquedos, certifique-se de que servirá para o uso...
Uma vez me passaram algumas doações de brinquedos para dar a algumas crianças....nossa...fiquei muito envergonhada como tem gente que doa lixo...pedaços de brinquedo, poxa...joga no lixo isso......
Corremos para o 1,99 comprar mais brinquedos e juntar com os poucos que eram de uso......

Sonica disse...

Flávia, a minha causa é muito dez: somos 12 amigas, que se reúnem às quarta-feiras, há 15 anos, em uma sala doada pelo Hospital de Base da minha cidade, e fazemos fraldas descartáveis. Outras pessoas reúnem-se nos outros dias da semana, e assim nossa produção é incrível. Fazemos vários tamanhos, de prematuros (criação de um voluntária), até a geriatrica. Esse trabalho criou um grande laço de amizade, e a certeza de ajudar pessoas anônimas que realmente necessitam.
Bjs e Feliz 2011!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Malu! 8 cachorros em casa! Que coisa mais lidna que vocês fazem. Esse é mesmo o tipo de causa que vem do coração.

Sobre o blog, obrigada pelos comentários carinhosos. Trabalho bastante para que este espaço seja de discussão de dilemas, mas sempre com um toque de alegria, porque no fim tudo dá certo! Tem que dá! rs

Beijos!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Lucia Cintra! Muito interessante essa de participar dessas associações. Assim você se compromete com eles, mas não precisa que estejam dentro da sua casa. Nem sempre dá para ter tanto animais como a Malu.

É legal você falar dessa felicidade que esse gesto traz para você.

Adorei. Beijos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Eirka Saab, acho que a dica da Lucia Cintra encaixa certinho no que você precisa, não? Bjo

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Fla! Adorei o encontro! Enviei e-mail com nossa foto, recebeu?

Sobre o lance de ajduar crianças doentes, não é para qualquer um mesmo. Eu uma vez tentei e tive um bloqueio total quando as vi. Fiquei um tanto apavorada. Carrego essa culpa, mas eu tentei.

Mas minha meta para esse ano inclui crianças.

Beijos e nos vemos em Londres, em breve!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Raquel!

Estamos aguardando o próximo baby e os 2 adotados. JG vai ter um bando de irmãos! rs

Beijos

LICIA TATIANE disse...

Eu costumo ter alguns sonhos revelativos,quando eu era adolescente eu sonhei que eu estava no mundo espiritual em uma fila para pegar minha missão de trabalho,quando chegou a minha vez me informaram que quantas crianças eu cuidasse eu evoluiria.Talvez seja por isso que sonho tanto com crianças.No ano passado tentei ser voluntária de uma creche carente de um centro espirita do meu bairro,no berçario,mas a direitora falou que antes eu tinha que ser voluntaria em outro setor(biblioteca,coisas assim),mas descobri que a mãe de uma colega minha do curso trabalha lá e vai me colocar lá também.Tenho outros projetos também na área de corte de cabelo,parece bobagem,mas tem tantas mulheres carentes que não podem pagar por um.Então penso ser voluntária em igrejas que fazem serviços a comunidade carente.

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Márcia Albuq acho que crianças e animais são os preferidos, quase não vemos ninguém falando de ajudar os idosos... Esses comentários me fizeram pensar sobre isso...

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Sonica que fantástico!!!

Essa idéia tem que ser propagada! Uma maneira super interessante de ajudar o próximo e ainda formar laços de amizade. 15 anos! Que lindo! Parabéns a você a todos que estão nesse lindo projeto.

Beijos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Licia eu estou morrendo de rir!

Sabe que há uns 6 meses atrás eu cheguei em casa assim:
- Mãe, tive um idéia maravilhosa para voluntariar: um salão fazer uma parceria com uma associação de catadoras de lixo. Não só cortar, mas dar um banho de brilho!
- De onde você tirou isso?
- Acabei de ver 2 muulheres recolhendo lixo para reclicar e elas tem cara de moradoras de rua, sendo que são trabalhadoras. Se tivessem uma aparência melhor seriam mais respeitadas!

Minha mãe achou legal, mas a idéia ficou por ai. Te dou o maior apoio para fazer um acordo com uma associação de catadores de lixo!

Parabéns pela inciativa!

Beijos

LICIA TATIANE disse...

Flávia,adorei a idéia!Vou passar essa idéia para o meu grupo do curso também.Obrigada!Beijos.

Lúcia Soares disse...

Não sei, Flávia, ainda.
Mas sei que também quero fazer algum trabalho que me preencha, me satisfaça.
Sempre me esquivei, dizendo que não tinha estrutura para ir a um hospital, fazer voluntariado, nem a instituições que matêm crianças ou idosos. Mas sei que é egoísmo e quero mudar isso.
Bj

June disse...

Admito ser uma voluntára ativa, embora já tenha tido dias muito mais ativo.
Mas eu procuro me manter ativa. Valea pena. Ajuda a sair daquele egocentrismo básico de nossas vidas.

leonardorezende2002 disse...

Acho que conheco seu amigo de Boston. E com certeza ele faz isso por amor e nao espera nada em retorno. Alem de fazer-lo se sentir bem ele acha que ajudando caes, sera seu ingresso para entrar no ceu.
Leo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...