segunda-feira, 21 de março de 2011

Qual é a restrospectiva da sua vida, desde que Ritinha brilhou na TV?

“Podes me indicar alguém que dê valor ao seu tempo, valorize o seu dia, entenda que se morre diariamente? Nisso, pois, falhamos: pensamos que a morte é coisa do futuro, mas parte dela já é coisa do passado. Qualquer tempo que já passou pertence a morte.” Sêneca.

- Encontrou a Juliana Paes em Búzios? - uma amiga perguntou, brincando.
- Não!

1. Porque não sou amiga dela. 2. Porque nem sabia que ela estava lá.

Eu sou extremamente sensível à passagem do tempo, o que me deixa angustiada ao ver como as pessoas deixam tudo para o tal do "amanhã". Como se o hoje, pudesse ser desperdiçado com reclamações chatinhas, promessas ilusórias e auto-enganação de que amanhã você irá agir.

Talvez seja por isso que eu escrevi o livro Equilíbrio: “A vida não faz acordos.”

Juliana Paes, começou a brilhar na TV com a personagem Ritinha na novela Laços de Família, em 2000. Fiquei pasma ao constatar: 11 anos atrás. Sim, senhoras e senhores, e nem adianta dizer a clássica: "Isso tudo? Mas como o tempo voa!"

Fiz uma retrospectiva da minha vida nesses anos desde que Juliana Paes fez Ritinha. Na verdade, faço isso sempre. E, um certo alívio me consomiu. Tomei vários tombos, mas como eu tenho história para contar. Um passado cheio de altos e baixos, mas usado ao máximo! 

Há alguns anos atrás, conheci o blog da Cláuda quando o nome ainda era "Life, now playing". E, um dia desses, ela escreveu toda a sua saga para realizar seu sonho de morar fora doa país e muito mais. E ela é um excelente exemplo para aquelas que falam: "Ah... Mas você corre atrás dos seus sonhos assim, porque não tem filhos..." Esqueça! Vou convidá-la para falar sobre a sua história que, com certeza, foi bem movimentada desde que Ritinha virou a empregada febre no Brasil.

Quando você diz EU QUERIA... Está subestimando todo o poder do que tem nas mãos: "o hoje!" Quem queria hoje, vai continuar querendo amanhã.  Não admite que, como disse Sêneca, morremos um pouco a cada dia. Amahã seremos mais novos, mesmo vendo os mais velhos dizendo: "ah... se eu tivesse a sua idade..."

Por isso,  para começar a segunda com mais chances de aproveitar a semana é bom escrever para refletir, e não vale só: casei, tive filho, estamos falando de viver, ao menos 11 fatos muito bem vividos, 1 para cada ano...  Qual é a restrospectiva da sua vida, desde que Ritinha brilhou na TV?

18 comentários:

Claudia Beatriz - Aprendiz de Viajante disse...

Oi Flávia,
bom dia!!!
Eu acho que somos muito parecidas neste aspecto... sou muito sedenta de viver, de fazer e sensível demais com o tempo. E com certeza 2000 foi um ano que certamente marcou, foi quando resolvi dar uma reviravolta na minha vida.
Obrigada pela citação no post... e sabe de uma coisa, é preciso estar sempre se reinventando.

Uma ótima semana para você!

Mag disse...

Flavia, otimo post !!
Muito bom para darmos uma girada na nossa vida de uma vez por todas, sem dar desculpas esfarrapadas, mas sermos determinadas a cumprir o sonho que temos la no fundinho, ate' mesmo aquele deixado de lado por um ou outro motivo.
Se queremos, podemos !!
Nada nos pode impedir se somos determinadas.
O certo mesmo e' se fazer essa pergunta todos os anos, assim não deixaremos nada pra trás.
Um abraço grande.

Sandra disse...

Flávia, li seu post e acabei fazendo uma retrospectiva desse período. É incrível quanta coisa acontece em onze anos!
Obrigada por me despertar isso!
Beijos

O que elas estão lendo!? disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Claudia, com certeza, por isso citei você. Li seu relato sobre como foi para os EUA, as idas, as vindas... Tudo tem seu tempo e momento, mas essa idéia de que a cada dia é um dia a menos e é preciso aproveitar, é que nos faz agir mais do que desejar.

Beijos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Mag,

ser determinada tem seu preço, ninguém disse que é fácil, não?

Dá tristeza, vontade de desistir, mas quando chegamos a esse ponto, de olhar para 11 anos atrás, a gente vê que o tempo passa e medo assusta, mas passa... Só se vive uma vez e não nos damos conta do que Sêneca disse há tantos anos atrás...

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Ótimo Sandra!

Espero que esteja cheia de orgulho do que relembrou!

Beijos

Juliana Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana Dias disse...

Menina se eu te contar.... rs

Ótima reflexão. Eu fico louca qdo vejo que esse tempo passa tão rápido... Hoje tudo é pressa, rapidez e se ficarmos parados pensando no que ainda iremos fazer...

O fato é: Temos que viver, agir, mudar e voltar atrás se for preciso ou valer a pena!

A vida é essa, um turbilhões de emoções!

bj

21 de março de 2011 19:08

Sandra Oliveira disse...

Muita coisa aconteceu, mas a sensação de que tanta coisa pode acontecer ainda, é preciso correr atrás, manter o sonho e buscar. Se for difícil, vale ao menos tentar!

beijos

Sandra
http://apenasumavez.wordpress.com

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

JU e SANDRA mais do que pensar no que passou é o que deixou de ser feito.

São 11 anos e uma média de 4015 dias. Sabe-se lá quantas horas. Naquela época, para quem tinha 20, os 30 eram um lugar distante.

Se não refletir o passado para aproveitar melhor o futuro... Afinal, o tempo passa, você aproveitando ao máximo ou não.

Beijos

Cíntia Mara disse...

Eu me lembro bem dessa novela porque passou numa época marcante pra mim. Acho que fiz bastante coisa nesses 11 anos. Não de realizar meus sonhos, mas de colocar as bases para poder realizá-los. Em 2000 eu tinha 14 anos e meus 8 anos seguintes foram de muito trabalho e estudos. Agora começo a colher os frutos de uma adolescência que muitos podem considerar desperdiçada, mas que pra mim foi extremamente importante.

Beijos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Que lindo, Cintia! Ótimo ver bons exemplos.

Malu disse...

Adoro seu jeito de pensar, nos questiona sobre nossas atitudes e nos faz pensar sobre o que temos para oferecer...
Sobre retrospectiva...hehe...em 2000 eu tinha 16 anos, estava ainda no colégio, dessa época em diante posso dizer que muita coisa aconteceu, viagem de formatura para Porto Seguro, a faculdade, namorado, fim de amizades falsas, noção e eliminação das coisas que me faziam mal, maturidade, aumento da fé em Deus, abertura do negócio próprio, poder ter a oportunidade de ver em vários exemplos, que aqui se faz, aqui se paga, cometi o pecado de deixar meus desenhos e pinturas paradas....eu me sinto muito mais crescida, só uma coisa que queria retomar do passado, é aquela energia de que tudo o que você quer, vai conseguir...
A visão de mim do passado era bem diferente da que eu estou hj...e creio que a visão de hj, será bem diferente do futuro....hehe

Flavia Mariano disse...

Malu, que comentário sincero e inspirador...

Li e reli, delicado na forma de trazer algo que invade o coração de boa parte das mulheres:

"eu me sinto muito mais crescida, só uma coisa que queria retomar do passado, é aquela energia de que tudo o que você quer, vai conseguir..."

Renata C., UMA ESPOSA EXPATRIADA disse...

VC ME DEU UMA IDEIA OTIMA: REVER ESSES 11 ANOS LA' NO BLOG. E LINKO VC AQUI. MIL BJS!

Jane disse...

gostei! vou fazer essa retrospectiva qq hora no blog!

Renata C., UMA EXPATRIADA (esposa, mae, mulher...) disse...

Oi, meninas e meninos! Como eu disse que faria... saiu hoje a MINHA RETROSPECTIVA la' no BLOG! Que tal se todas aderissem? Bjs mil!
http://umaesposaexpatriada.blogspot.com/2011/05/retrospectiva-11-anos-voce-vem-rc.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...