quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Um compromisso não vale nada para um homem?

- Mas você gosta dele? – perguntei.
- Não, é só aquele tesão de cama mesmo.

Estava em Londrina esta semana para uma palestra e, à noite, uma das organizadoras me levou para jantar. A irmã dela foi junto. Ela mora em Los Angeles, é decoradora e veio passar um mês no Brasil. Tem 37 anos e é uma morena linda de dar raiva.

No meio do jantar apareceram dois amigos delas. A conversa rolou por uns 20 minutos mais e levantamos para ir embora. Quando olhei para o lado o cara estava de pé, agarrando a moça de Los Angeles. Ele exalava um tesão assustador. Parecia que estava sozinho com ela. O detalhe é que ele é casado.

Me deu uma dor ver aquela cena. Uma aliança gigante na mão do cara e ele nem aí para ela. Estava apenas seguindo seus instintos. Não sou casada, mas acredito em fidelidade. Tempos modernos, século novo, ninguém precisa estar com ninguém se não quiser.

Fui caminhando na frente com a patrocinadora. Fiquei pensando na mulher dele... Em casa achando que o marido estava viajando a trabalho. Um casal tão jovem... Ele não tinha mais que 32 anos. Sem filhos. Não estava com a esposa por obrigação alguma. Por que estava fazendo aquilo...?

Já no carro não resisti.
- O que foi aquilo? – soltei como se a menina fosse minha amiga de infância.

Elas me explicaram que ele é louco por ela há mais de 10 anos e que todas as vezes que ela vem ao Brasil ele descobre e viaja para vê-la. Ele mora em uma cidade vizinha. Mas ela nunca corresponde.

Por fim, ela me respondeu a pergunta do início do post e deixou claro que se ele não fosse casado ela não teria resistido.

Quando cheguei no hotel liguei para o meu namorado correndo. Fiz perguntas idiotas como: você está sozinho? Jura? Se estivesse me traindo me diria? Depois me dei conta de que o cara também devia ter tido uma conversa amorosa com a esposa algumas horas antes... Minhas perguntas eram inúteis.

Depois do telefonema recheado de insegurança, deitei minha cabeça no travesseiro e só conseguia pensar em uma coisa: “Um compromisso não vale nada para um homem?”

15 comentários:

canseidexuxu disse...

Hehehe, filial e tudo! :)

Teu texto tá perfeito. Com essa história descrevesse exatamente como a gente se sente... (suspiro)

Inclusive tava agora a pouco escrevendo sobre confiança pro Blog e é bem o assunto que falasse. Até que ponto podemos nos entregar sem medo? A desconfiança tem que fazer parte do nosso dia a dia?

É muito complicado, chega a doer! :)

Beijos!
Xu

Carolina disse...

Acho que homens e mulheres têm conceitos diferentes sobre vários temas e este é um deles. Mas isto não quer dizer que todos são sacanas.Não dá pra generalizar assim como falamos muito em fidelidade quando que o que mais eu procuro, por exemplo, é lealdade.
Um compromisso não vale nada para alguém? Depende momento em que se está vivendo com alguém e o que engloba, o que está em jogo nesta relaçao. Qual o peso que ela tem na sua vida.Isto é muito relativo.
Adorei o texto, visualizei literalmente a cena.
bjos meus

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Nossa. POST PERFEITO
Fiquei imaginando aqui o inicio ao fim, bom essa pergunta eh meio complexa, mas eu respondo, eu acredito que esse homem só é louco por ela, pq ela n quer nada com ele, pq se ela fosse amante dele, com certeza ele estaria atars de outras
HOMEM EH TUDOSEMVERGONHA!

Georgia disse...

Flavia, adorei o tema aqui proposto. Eu passei por um casamento antes onde o marido me traiu e fez um filho com a colega de trabalho e continuou em casa como se nada tivesse mudado na vida dele. Foi dureba quando descobri, pois ele nunca falou. Depois conheci o Christian fazendo férias no Brasil e ai como resolver um namoro por telefone, por carta? Tive que estruturar minha confianca. Conversamos muito sobre os meus medos. Todas às vezes em que viajei para cá, expus para ele os meus medos. Acredito que quando a gente passa para a outra parte: - Olha, vc nao precisa ficar comigo se nao me ama mais, mas nao quero ser traida, nao quero ser enganada. Se vc tem dúvidas se me ama, entao vamos caminhar juntos lado a lado como am igos até vc descobrir se ainda me ama, mas vou ter sérios problemas comigo mesma se eu souber que fui traida." Acho que uma conversa sincera, expoe sentimentos. Quando Christian quis casar, eu perguntei: Vc tem mesmo certeza de que quer isso? Assim como foi para termos filhos, decidimos juntos e embora ele ainda nao os queria tê-los ele sabia que era importante para mim naquele momento e concordou e ai colocamos os nossos pontos de vista sobre a educacao. Flavia, eu acredito que conversar sinceramente é a melhor das solucoes sempre. Aqui em casa a gente quebra o pau, literalmente falando, pois falamos mesmo. E sabemos tb que nós dois, somos uma muralha juntos e que nós dois somos um para o outro o melhor amigo. É com ele que eu conto e ele conta comigo. É para demolir a casa e fazer uma outra? Entao toma os meus bracos e pernas que eu estou junto. É meio por ai a coisa. Mas tem muita gente que tem um namorado ou marido para o expôr para a sociedade e dizer que é feliz. Falsa felicidade.

clabrazil disse...

Flávia,

Seu texto é ótimo, mas menina: nem oito nem oitenta. Tem tantas nuances nos relacionamentos. Nao se choque tanto com o que vê pois por trás tem pelo menos duas vezes mais história.

Já passei pelas duas situacoes, e delas, aprendi somente que a gente vive é com a nossa consciência. O resto é totalmente relativo.
Beijos,
Cla

clabrazil disse...

Ah, e outra coisa.

Por mais que o traidor ame, depois de uma traicao (o que é possível, acredite. Dá pra amar e trair), duvido MUITO que fosse contar a sua mulher.

:-)
Beijos,
Cla

Dri - Everywhere disse...

Ai meu Deus... tenho ateh medo de responder sendo recem-casada!
Eu acredito em fidelidade mais que tudo, mas ao longo da vida tb aprendi a acreditar em auto-felicidade e a nao estar com quem nao gostamos/nao queremos/nao nos merecem.
Passei aaaaaanos sozinha e solteira, feliz da vida ateh que o "the one" aparecesse. E agora, nao largo mais.

mas acho que sua pergunta/afirmacao eh um pouco tendenciosa, pois nao acho que soh homens traem nao...
No Brasil realmente ainda eh um pouco diferente, pois a sociedade tem uma postura mais machista e mais "aceitadora" da infidelidade masculina, enquanto as mulheres (traidas) sao criadas a pensar que eh assim memso, e teem que aceitar as cosias como sao.
Mas na Inglaterra por exemplo, acho que infidelidade rola dos dois lados, mas num certo ponto as pessoas respeitam mais o compromisso e o casamento do que no Brasil.
O comportamente do patrocinadora por exemplo, foi o mais machista possivel, de aceitar o comportamente como se fosse 'normal' (tanto da amiga quanto do cara) com uma postura "ele eh homem e ela eh solteira, entao pode".
Dois erros numa tacada soh!

JAMINE BRUNO disse...

Acho que os homens encaram de uma forma diferente: sexo.

Isso para eles nao significa nada. afinal, sao animais em busca de reproducao apenas. acho que o carinha teve mesmo uma conversa romantica com a mulher dele ao telefone...E acho que este mesmo carinha, vira pra os amigos e diz que: ' pega uma gostosa que mora nos EUA toda vez que ela vem ao Brasil' ...

Coisas do tipo ;-(

como entender os homens e suas cabecinhas? Impossivel. Mas concordo com absolutamente tudo que escreveste: nos dias atuais, ninguem e obrigado a ficar com ninguem...Por que nao ser pelo menos um pouquinho honesto?!??!

bjos pra vc!!

Cheers! Fla disse...

Flavia,

Como a Adriana falou, hoje em dia acho que nao eh soh homem nao, mulher eh tao culpada quanto. Nao acredito que pessoas sejam fieis, mas eu jah deixei claro com o Paul, se algum dia ele pensar em fazer algo desse tipo, o minimo que ele deve fazer eh terminar tudo antes. Isso mostraria o minimo de respeito para mim.

Fiquei imaginando aqui a mulher do cara, que tipo de relacao serah que eles tem?

bjs

Lucia Cintra Stevenson disse...

Confianca e' confianca. Estou casada ha 7 anos e nao sou ciumenta nem desconfio um segundo do meu marido. Nao tenho motivo pra isso e nem ele tb. E tenho pena das pessoas que nao acreditam que existem relacionamentos assim pelo mundo afora.

Nunca trai um namorado na minha vida e nunca tive motivo pra isso. Se nao dava certo, terminava e seguia minha vida.

Nos dois temos consciencia da escolha que fizemos e concordo que ninguem e' obrigado a ficar com ninguem, mesmo estando casado, com filhos ou em qualquer outra situacao que for.

Eu tenho pena sim de gente que faz isso. Principalmente dos que estao sendo enganados e nao sao so mulheres, nao. Conheco algumas (amigas de amigas) que tb ja aprontaram muitas e juro que nao entendo. Se estao tao infelizes ou gostam de outra pessoa, pq fazer isso com elas mesmas?

Acho muito mais valido e doi menos terminar um relacionamento sendo sincero um com o outro do que descobrir mais tarde que houve traicao. bjos

Bia Mendonça disse...

Concordo com a Lucia ai em cima! COnfiaça é a base de tudo! Principalmente do meu relacionamento q está sendo mais a distancia!

As vezes me sinto mto insegurar, principalmente pq na maior parte dos momentos eu nao estou perto do meu namorado e tenho q confiar mesmo no amor q acredito q ele tem por mim. Nao é uma tarfa facil, mas se vc mantem um relacionamento aberto onde conversam tanto quando coisas boas, mas tb coisas como inseguranças e medos.. eu tento sempre manter esse canal da comunicaçao bem aberto com Kyle. Quando estou me sentindo insegura ou com medo, vou lá e falo tudo pra ele, tanto as vezes eu digo pra ele quandoa gente fala sobre o futuro : "sometimes I'm going to freak out, can you handle?" hehehe!!

Cada dia gosto mais do seu blog, pois está sempre discutindo assuntos q acho super interessantes!

bjos,
Bia

Laura disse...

Seu texto é muito interessante, como todos os anteriores.

Eu acredito que o compromisso em si ate vale pro homem.... pois no caso que vc cita o cara continua casado.... mas a manter as coisas de maneira certa e com fidelidade ja é outra historia.

Vou colocar um link do seu blog no meu, gostei bastante!

Abraçoss

Simone disse...

Oi Flavia, não creio q seja uma coisa do homem , acredito que é do ser humano, lembra q a moça de Los Angekles sabia de tudo e tava la´aos beijos e como disse clabrazil neste post, não se impressione com o q vê, isto é apenas a ponta do iceberg, ecomo falou bem Georgia a conversa é a solução, a sinceridade.bjs. Simone

ale disse...

Bah, não gostei de ler isso. Pelo menos não hoje.

Anônimo disse...

sou carioca tenho 31 anos sou solteiro, aqui no rio é tudo banal conheço o exemplo de várias mulheres casadas que tem o mesmo comportamento que o cara da história contada acima,hoje em dia homens e mulheres são a mesma coisa, eu sou um cara que separa as coisas eu ainda penso que existem mulher pra uma boa diversão , e outras para compromissos hoje em dia são rarissimas é verdade, mais devo confessar uma coisa aqui,eu já namorei sério garotas bacanas de família mais nunca consegui ser fiel a nenhuma delas, não sei explicar não consigo ficar com uma mulher só, eu to namorando mais sempre pensando na irmã da minha namorada, nas primas delas ou nas amigas, desejo muito as mulheres que eu vejo na rua, é como se fosse uma compulsão não consigo me controlar,gosto também de frequentar termas , pago pra escolher as mulheres mais gostosas pra me satisfazer,mais eu conheço amigos meus que não são assim, alguns são até fiel, as vezez até penso será que um dia vou ser assim, como esse cara consegue ficar sem experimentar uma mulherzinha se quer que não a dele, existe alguma formula pra isso, e o pior é que eu fui nascido e criado em uma família evangélica, meus familiares rogam praga , dizem que eu vou pro inferno,pode até ser mais que eu enquanto tiver ,vida ,saúde e tezão vou continuar vivendo a vida

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...