quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Permitimos que o abuso entre em nossa casa e depois queremos caçar as bruxas?

O filme Juno fez sucesso e quem criticou saiu como retrógrado. Uma ex-garota de programa foi ovacionada por jovens, seus pais e o cinema americano, por ter escrito este filme.

Hoje pela manhã ouvi no jornal que um juiz absolveu um homem que estava sendo acusado de estupro. Ele engravidou a namorada de 11 anos de idade.

Segundo juiz as adolescentes de hoje em dia não são com as de 40 anos atrás. Com 11 anos ninguém é mais criança. E, se a família permitia o namoro de uma criança de 11 anos de idade, por que só o rapaz deve levar a culpa?

Sábado, em uma rápida passagem pelo shopping, me perguntei onde o mundo iria parar ao ver o tamanho do vestido de uma adolescente à minha frente na escada rolante. Para completar o look, um cinto marcando a cintura e um salto agulha. Nem preciso comentar sobre a maquiagem. Ela não tinha mais que 13 anos.

Valorizamos tanto a aparência, mães estimulam as filhas a fazerem as unhas quando ainda têm 4 anos de idade. Estimulam a comerem menos para serem magras e não em nome da saúde.

Pais estimulam seus filhos a fazerem danças sensuais porque acham engraçadinho. Os pais acham lindo dizer que os adolescentes estão evoluído, mas na hora que uma gravidez acontece, o adolescente é apenas uma criança...

Como culpar um homem de se apaixonar por uma menina de 11 anos que se oferece a ele com o conscentimento da família? Como dizer a um jovem que isso é errado, se a Juno teve um filho e deu responsabilidade para outro? E isso ainda foi tratado como um ato de generosidade!
Por isso, não consigo chegar a uma conclusão, apenas pensar: Permitimos que o abuso entre em nossa casa e depois queremos caçar as bruxas?

22 comentários:

JAMINE BRUNO disse...

Flávia,

Meu último post foi sobre isso!! Que coincidência!! Estava chocada com um programa da MTV americana que mostrava a mae estimulando a filha a aplicar botox...Pq ela estava com rugas. Detalhe: a filha tinha apenas 13 anos!! Dá uma lidinha lá quando puder...

Fico chocadíssima com estas coisas!!

Iêda disse...

Eu acho isso absurdo! Já vi casos pessoalmente de uma menina de 13 anos que começou a namorar com um garoto de 17 anos e logo depois ficou grávida. O que eu imaginei desde o início. Então só tenho uma opinião sobre isso: quem permite isso, colhe frutos - mas não pensam antes por se acharem caretas caso não deixem sua filhinha se mostrar adulta.
E outra: esses dias ouvi a história de uma mãe que deixou (sem a autorização do pai/ex-marido) a filha de 15 colocar silocone nos seios e estava assustada pque a garota estava passando mal depois da cirurgia. Pelo amor de Deus, estão banalizando tudo!!!!
bjão

Carolina disse...

Já fiz um post sobre este assunto, não diretamente o que vocês está abordando, mas a questão da relação mãe adolescente ou mãe de adoslescente. Tenho visto cada vez mais mulheres confundindo seus pápéis enquanto mães, competindo com suas filhas e pior se projetando em suas filhas.
Cruzes!
bjos meus

Mariachiquinha disse...

Podem me chamar do que for, mas sou totalmnete contra essas modernindades todas.
Aqui no Brasil então, tudo é normal. Também já comentei sobre algo parecido.
Seriam esses os tempos modernos?

Angélica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angélica disse...

Acho que para alguns pais a permissão de um namoro muito jovem por parte das crianças, é que hj em dia as próprias colegas na escola as estão incitando as outras a fazer sexo pq elas próprias já fazem.
Uma criança não tem uma maturidade para uma relação desse nível. E o ficar de pouco tempo atrás, não é mais só beijinho na boca, já é tudo.
Fica dificil para os pais controlarem seus filhos. E acho que pensam "já que ela quer namorar, vou deixar, pelo menos estão debaixo dos meus olhos e vou poder estar presente". Mas nem sempre estão presentes. E quando a filha fica grávida eles tomam aquele choque, pq eles estavam "vigiando". E como isso aconteceu? Óbviamente vão culpar os seus parceiros, sendo eles maior de idade ou não.
Isso é super complicado. Acompanhei um caso desse tipo e vou relatar para vcs, para verem em que situação os pais ficam, totalmente perdidos.
A filha de uma vizinha e amiga minha, com 12 anos já estava mal falada por todos na minha rua. Um outro vizinho veio me contar que ela havia se "perdido" com um amigo dele (11 anos), que tinha feito um aborto em casa mesmo (quase morreu) e que tinha ido fazer uma viagem de escola e que lá 6 garotos da escola dela fizeram sexo com ela. Ela foi ao banheiro e cada hora entrava um para transar com ela (12 anos).
Eu fiquei apavorada e achei que era mentira. Não sabia se falava com minha amiga ou deixava quieto. Acabei falando com minha amiga com todo o tato, pois achei que sendo mentira ou verdade, ela, que não sabia de nada, tinha que ter alguma ação com a menina antes que ela pegasse alguma doença venérea.
A mãe impreensou a filha, ameaçou levar no ginecologista e a menina contou tudo. Realmente era tudo verdade. Agora imagina a dor da mãe ao saber aquilo tudo, da sua filhinha de 12 anos e ainda confirmar que era verdade.
Ai apareceu um rapaz de 22 anos querendo namorar a menina, então com 13 anos. Mais que depressa a mãe deixou namorar em casa, pois tinha medo do que a filha pudesse fazer se não deixasse. Enfim a menina namorou esse cara até os 14 anos, engravidou ele assumiu a criança e se casaram. Não vivem de todo bem, mas a mãe da graças a Deus, pois pelo menos não tá mais com um e outro por ai.
Eu tb acho errado uma criança namorar, ainda mais homens mais velhos. Mas antes de julgar a gente tb tem que saber pq os pais tomam estas atitudes.

Lilica disse...

Ah querida, essa é uma discussão sem fim. Hoje em dia as crianças de 11, 12 anos (porque pra mim ainda são crianças) já namoram marmanjos de 20 anos, dançam créu na balada, ficam se agarrando na frente dos pais e está tudo normal. Então como proibir que façam sexo e que apareçam grávidas em casa???? Infelizmente a realidade é essa né! Bons tempos quando EU tinha 11 anos e curtia a Xuxa!!!! Beijão

sheila alvarenga gogoi disse...

Tô CHOCADA!!! Uma menina de 12 anos teve mais parceiros do que eu, q tenho o TRIPLO da idade!

Infelizmente, tem hora que só "conversa", "diálogo" etc etc não adianta P***** nenhuma!O jeito é proibir mesmo e PRONTO!!!

A mesma permissividade em relação a garotas, eu já vi em relação a meninos... soube de um caso que o pai pegou o filho de 13 anos fumando maconha, e teve uma "conversa legal", um "diálogo numa boa" blá blá blá e passou a permitir q o menino fumasse em casa, esporadicamente, com medo dele usar droga nas ruas. Conclusão:o rapaz morreu assassinado aos 20 e poucos anos,a essa altura já morava na rua e era usuário de drogas pesadas!

Logo, essa teoria de "antes dentro da minha casa do que na rua" é totalmente FALHA!!! Daqui a pouco nossas casas vão virar templo de surubas e drogados!!! E isso de "conversa de igual p igual" é baboseira. Os pais tem que ter pulso firme e autoridade, e parece que hj em dia, eles não tem mais,é tudo um bando de bunda-mole!

Lucia Cintra disse...

Eu acho isso tudo um absurdo. Vc ve mt crianca por aqui vestidas como prostitutas mesmo, eh o cumulo do ridiculo. Mas eu ja fiquei sabendo que a maioria sai de casa vestidas normalmente pros pais nao notarem e ao chegar na casa de uma amiga, se trocam.
Pra que essa preca de crescer?

Acho que nesse caso da menina de 11 anos, a culpa eh dos pais TAMBEM! Nao sei como tem gente que tem coragem de deixar essas criancas jogadas assim. Eh nessa idade que precisam de mais conselhos e orientacao possivel.

Lucia Cintra disse...

Deixa eu so acrecentar que corcordo 100% com a Sheila.

Meus pais sempre foram mt amigos meus e das minhas irmas, mas qdo tinham que proibir algo, ai de nos se sequer pensassemos em desobedecer.

Eu nao quero ser mae, mas ja falei varias vezes que se um dia mudar de ideia, serei a mae mais 'chata' e 'bruxa' que existe.

Bjos

Fabianne disse...

tenho uma adolescente em casa, exatamente de 11 anos...
Acho chocante q alguns pais, porque foram reprimidos demais, ou sei lá o q, deixem q seus filhos sejam os donos da casa e, pior, de suas próprias vidas. Alguns poucos realmente são vítimas de tarados, d maus tratos... Mas, infelizmente a maioria é mesmo vítima de pais negligentes e despreparados...

Juuuu disse...

Olá Flávia,
Nas pequenas coisas que permitimos, acabamos abrindo brechas para as coisas acontecerem. Qual é o problema de uma criança dançando o 'créu'? Quando achamos bonitinho aquela dança estamos dizendo: "isso minha filha, fazer isso que é legal". Mas depois não entendemos pq as crianças estão tão precoces. O mundo prega a 'evolução', mas o que acaba ocorrendo é a banalização! a banalização do ser humano.

Drunken Alina disse...

Nossa,onde esse mundo vai parar, eu NUNCA deixaria uma filha de 11 namorar um cara mais velho!!!
Com 11 anos eu ainda brincava de boneca!!!
Tow em choque!!!

bjos!!!

sheila alvarenga gogoi disse...

Eu brincava de boneca até os 15 !!! Sério!

Georgia disse...

Pois é, estimulamos tanto os nossos filhos com tantas frases feitas que eles vao lá para experimentá-las.

beijao

Angélica disse...

Como falei, nem sempre é culpa dos pais. Pra vcs verem, o irmão dessa menina que se perdeu com 11 anos, se casou virgem com 20 com uma garota de 18, que tb era virgem.
Os pais vigiavam mais a menina, mas a garota aprontava por debaixo dos panos. Eu fiquei super apavorada quando meu vizinho me falou que ela havia feito sexo com 6 garotos diferentes no mesmo dia. Praticamente na mesma hora. Pq ela era super novinha e pq parecia ser boazinha, quietinha, na dela.
Usava roupas normais. Parecia ser super tranquila.
Mas os pais não gostavam nem que ela fosse na padaria, que é pertinho da casa dela. Um dia, a mãe mandou a menina na padaria e ela demorou 10 min a mais e o pai foi atrás, e encontrou ela em outro lugar, dando trela para um rapaz mais velho. E ela tinha 10 anos. Os pais conversaram, não a deixavam namorar e ela namorava escondido. Deu no que deu.
Na minha época, se eu saisse para ir na padaria ou em outro local, meu pai cuspia no chão do quintal e dizia quero vc aqui antes que seque. E como sempre tava um maior solzão. Eu ia super rápido com medo de apanhar.
Mas hj em dia por mais que os filhos aprontem as pessoas tão fazendo com que o sexo seja tão banal, que a pessoa que acabou de conhecer um cara e já tá indo para cama com ele, que estão até permitindo que crianças tb façam o mesmo. Com ou sem o consentimento dos pais.
Mas esse tópico da pano para manga.

Angélica disse...

Olhem essa reportagem. Garoto de 13 e garota de 15 são pais no Reino Unido.
O garoto aparenta ter 10 anos. E segundo o pai, avô da criança, ainda não assimilou as responsabilidades que vai ter de agora em diante.

http://fotos.noticias.bol.uol.com.br/imagensdodia/20090213_pai_13_album.jhtm?abrefoto=1

Tata disse...

Ha muito tempo atras vi uma materia no fantastico sobre mães que levam as suas filhas(criancas,não adolecentes) para o cabelereiro,pra fazer escova,fazer as unhas.Acho tudo isso um absurdo.Crianca tem que ser crianca,tudo tem o seu tempo.Eu nao sou nem tão velha assim mas acho que no meu tempo,rsrs,era diferente.

Bjos
Tata

Bjo
Tata

Carla M disse...

Isso é uma dentre várias coisas erradas que acontecem no mundo... Um verdadeiro absurdo!
Tem selinhos para você lá no Mulheres...
Bjôoooo

Val disse...

Acabei de conhecer seu blog e já adorei... semana passada tb comentei sobre isto, pois vi uma noticia de um garotinho que mais parece uma criança se "achando" sendo pai aos 13 anos. Não sei onde este mundo va parar.
Otima semana,
bjo

Val disse...

ahhh odiei este filme JUNO, principalment depois de ser mãe... não sei onde os criticos acharam tão bom... e ganhou tanto premio esta porcaria...affff

Uma adolescente em crise disse...

Eu gostei do filme Juno. Não gostei da atitude dela e tals mais achei bonito o amor dela pelo garoto e o apoio que ela recebeu da familia. O que eu penso é como ela vai se sentir quando tiver 30 anos, agora tudo bem que ela tem 16 mais e com 30 quando ela pensar eu tive um filho e agora ele tem 14 anos e eu nunca vi a cara dele e ele nem sabe que eu existo, e ainda por cima que eu naum o quis, que dei ele pra outra pessoa. Por mais que pareça bonitinho a atidude dela não é. E sobre a menina de 11 anos eu acho q o juiz fez certo mesmo que eu tenha vontade de bater em um cara que faz sexo com uma criança dessa idade mais se ela concentio fazer oq? eu acredito que hj temos quer por limites nessas crianças e adolescentes...elas estao vivendo no mundo adulto muito cedo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...