quinta-feira, 18 de junho de 2009

Sexo é complemento ou ator principal no relacionamento?

Transar tornou-se um requisito obrigatório da mulher moderna. Ah! E tem que jurar que morreu de prazer! Senão não vale.
Nem as solteiras têm desculpas. Depois de Sex and the city, quem não se masturba está ultrapassada.

Vera Fisher, um dia desses, anunciou em uma revista de fofocas que há dois anos não faz sexo: “Não me importa. Não sinto falta. Nunca fui muito sexual. Nunca fui muito de transar.
Sexo virou termômetro de amor. Há análises baseadas na quantidade de sexo que um casal faz por semana.
Por que não fazem análises mais úteis? Por que não pesquisam a influência da falta de diálogo, a falta de carinho depois de um dia cansativo ou o estrago que a falta de elogio pode causar?
Já tive amiga que me confessou quase que como um crime que não transava com o namorado há três semanas. Onde está o problema, mesmo? Eles se dão tão bem! Mas teorias sexuais diriam que estão em crise!
É como se a mulher fosse menos mulher por não sentir este prazer louco que os filmes vendem. Existem vários prazeres na vida tão bons quanto os de uma transa. Depois um dia exausto de trabalho, um carinho, um colinho pode dar muito mais prazer do que ter satisfazer o parceiro.
O mundo exige, a gente se enquadra. Mas no fundo, todas temos nossa própria maneira de pensar. O sexo foi colocado, nos últimos tempos como o ator principal. Acabou o tesão, acaba o relacionamento. Mas é tão conflitante. O que dizer dos relacionamentos pela internet? A maioria reclama da falta que o abraço faz e não o pênis do amado distante. Por isso fica a pergunta: Sexo é complemento ou ator principal no relacionamento?

15 comentários:

Bia disse...

Sem dúvida, é complemento. Se o sexo vira obrigação, a coisa fica ainda pior...

DoLaDoDeLá disse...

Gostei de conhecer seu blog. Depois, com mais calma, quero conhecer melhor seu trabalho. Acho que para quem se interessa pelo universo feminino, além das formas e regras impostas à mulher moderna, uma passadinha aqui de vez em quanto é obrigatória. Parabéns!

Iseedeadpeople disse...

Pra mim, decididamente, sexo conta MUITO POUCO num relacionamento. Existem coisas mil vezes mais importantes, como o companheirismo, carinho,respeito etc. Tanto é, que meu marido mora em outro país e costumo passar meses sem sexo.

Claro q sexo é bom e todo mundo gosta, mas acho um exagero as pessoas colocarem o sexo como a coisa mais importante da vida!!!
O pior é que já fui tachada de frígida e outras coisas mais por causa da minha opinião. Sinceramente, não acho q sou frígida. Acho que eu (e a Vera Fischer rsrsrsrs) somos evoluídas, isso sim =)

Juuuu disse...

Com certeza sexo é complemento.
O mais importante é o amor, o companheirismo, o respeito...
Se o sexo for o fator fundamental, tudo acaba quando o desejo e o tesão acabam.
Um relacionamento é muito mais do que isso.

beijos

Jane disse...

Realmente sexo se tornou uma obrigação e as pessoas colocaram a vida sexual ativa como algo praticamente obrigatório para todos. "Tem que transar, sexo é prazer, saúde, tendo ou não um parceito fixo, uma pessoa moderna tem que ter vida sexual ativa", parece que é isso q andam dizendo por aí.
Com isso eu não concordo. Mas acho que sexo, ou melhor, sintonia sexual é mt importante no relacionamento, assim como outras coisas tbm são, como respeito, cuidado com outro, carinho, dedicação, etc.

Bjs é ótimo final de semana.

Maldita Futebol Clube disse...

Pois é, acho que o tempero que torna o amor mais agradavel, eu diria! A cereja do bolo, a cobertura do sorvete...demais enjoa, de menos faz falta! belo texto! parabéns pelo blog e pelos temas sempre interessantes dos post! abs, leandro

Dani disse...

Com certeza o sexo é um complemento! Mas acho que ele é muito importante sim!
A pessoas podem se dar muito bem e ter um ótimo relacionamento sem sexo, mas isso os transforma em amigos!
Claro que cada caso é um caso! Cada relação é única e assim deve ser avaliada.
O que importa não é a frequencia, nem como... Mas o interesse, a atração tem q estar no ar!

Angélica disse...

Olá. To sempre lendo o blog, mas nem sempre posto comentários.
A vida é corrida. Mas não deixo de ler todos os posts não lidos.
Como sempre sua colocação é genial.
Hj o sexo está muito banalizado. As pessoas não esperam se conhecer melhor, sentir qualquer coisa além da atração e as vezes nem isso. Quase obrigatório sexo no primeiro encontro. Eu, claro, totalmente contra isso. Acabo conhecendo uma pessoa e ele acaba me achando anormal, por não querer transar com ele que nem conheço bem ainda. Ou as vezes acha que tem que me conquistar a todo custo e tentando a cada dia chegar no objetivo final. O que torna o relacionamento meio falso. Pois o objetivo não é conhecer e amar a pessoa e sim levar ela para cama.
Esses dias vi uma reportagem, acho que no globo reporter e o casal de namorados já chegando nas casas dos 30 resolveram ser celibatários no namoro. "É mais fácil conhecer e saber que uma pessoa te ama por vc se não houver sexo". Esse foi o ponto de vista deles, e pensando bem, concordo com eles. O sexo na relação pode ser muito bom, mas pode se tornar só sexo.
Vc ter a oportunidade de conhecer o outro sem nenhuma pressão de ter que fazer sexo, e ter um relacionamento verdadeiro, que pode te levar a um grau maior como poder formar uma família e saber que ele ou ela, vai ser um pai ou uma mãe excelente e presente, um marido ou esposa companheiro(a), carinhoso(a) e dedicado(a). Acho que esse deveria ser o ponto de partida de um relacionamento. Conhecer alguém com um pensamento para o futuro com ele(a). Nem sempre transar leva a pessoa a um bom futuro. E ainda mais um futuro com o(a) companheiro(a).
Mas voltando ao casal do globo repórter. Eles se casaram, tiveram uma lua de mel maravilhosa e disseram que o sexo que tiveram com outras pessoas, nunca foi tão bom como o sexo que eles tem um com outro, pq agora eles tem um amor verdadeiro e que não há nada melhor do que sexo com a pessoa amada. Bjs.

Paula disse...

secundário

Anônimo disse...

Na minha opiniao as pessoas tem medo de falar sobre sexo. Parece que sao pervertidas, safadas. Sexo é prazer e nao obrigaçao. Sou homem e homem precisa de sexo quase todo dia. Não é lenda. Dá vontade. Mas só sexo sem sentimento não tem o mesmo sabor.

Sou o Juca e não tenho blog.

Iseedeadpeople disse...

Que comentario mais machista esse do rapaz acima!!!

Conheço "n" homens que não precisam e não fazem a menor questão de transar todo dia.

Acho q o cidadão aí fica usando essa desculpinha batida de que "homem precisa de sexo mais do que mulher" pra dar corno. Mas quem dá, acaba recebendo hehehehe

Muitas palavras disse...

Bons comentários. Sexo (amor) faz parte da vida, mas a vida não se resume a isso. A midia não pode só se basear nisso, as preocupações, como dizia Freud. Há outros meios de prazer, de felicidade, sem o sexo carnal. O amor é mais que o ato, envolve parceria, carinho, envolvimento, conversa, pensamento, e tudo mais! inteligência sobre tudo...

Clara disse...

complemento.

Clara disse...

complemento.

Fada do Coração disse...

Sexo é complemento, também concordo. Mas quais de vocês sentiram vontade de transar e o parceiro nao estava tão fim assim...não é decepcionante?! Não é nada bom...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...