quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Maconha: uma erva natural ou o primeio passo para o abismo?

- Tive uma alucinação! Depois de tantos anos usando maconha foi a única vez.
- E por que parou?
- Porque agora sou pai, né? Tenho responsabilidades, não é compatível. Mas se fosse legalizado eu fumaria.

- Acho que não tem que legalizar.
- Cigarro e álcool são piores que a erva.
- Não justifica. Agora que fecha-se o cerco aos fumantes e todos sabem o mal do álcool, vamos legalizar a maconha por que? Em nome de quem?

- Se legalizar eu volto a usar – insistiu.
- Você ia achar natural ver sua filha fumando isso? – apontei para a falante menina de 3 anos.
- Claro! Eu fumaria com ela!
Este é um amigo médico de 38 anos. Encontrei-o por acaso num restaurante com a esposa ea filha. Conversamos por horas até chegarmos ao polêmico assunto.
No fim de semana um rapaz matou uma jovem enquanto fumava crack. O pai dele vai para a televisão dizer que os pais têm que ser menos hipócritas e intervir quando o filho ingere bebida alcóolica, porque foi assim que seu filho começou.
Estudos mostram que a primeira droga utilizada pelos jovens é a maconha. Eles não vão direto ao crack.
Um grupo musical canta que deve-se legalizar já! Porque uma erva natural não pode te prejudicar.

O fumantes estão sendo excluídos da sociedade, campanhas mostram que a bebida destrói lares.
Me pergunto se as pessoas que defendem a maconha nunca viram a cara deprimente de Amy Winehouse. Como ela começou? Isso não vem ao caso...
Mas, pensando que se todo mundo que fumasse maconha fosse para drogas mais pesadas metade o planeta estaria drogado...
Por isso, andei pensando se continuo na posição de achar que droga é a degradação do ser humano ou se devo ser mais leve refletindo...: Maconha: uma erva natural ou o primeio passo para o abismo?

20 comentários:

Amanda Zanqui disse...

Com certeza o primeiro passo para o abismo!

Anônimo disse...

在網路上進行網路行銷的意義在哪裡?關鍵字認為網路具有極佳的互動性、即時反應、且容易與年輕族群作深入互動,關鍵字行銷積極進行網路行銷的企業,也易營造出創新的形象。除此之外,關鍵字廣告進行網路行銷最大的意義在於精確的量化測量方法。網站優化的特性可以容許自然搜尋人員在事前進行精確的評估、事後亦可以追蹤seo效果。以往許多網路業者對網路行銷活動的目的及期望成果往往沒有夠精確的規畫,造成執行效果不彰。其實網路排名應掌握這些量化的資訊,將其與實際的行銷活動、顧客購買行為等結合,將有助於建立更有效的行銷方案。

Mitti disse...

Definitivamente é o primeiro passo para o abismo.

bjoo

Olhos e pensamentos disse...

Ela é o próprio abismo!!!

Sandra Timm™ disse...

Não é o primeiro passo para o abismo. É a entrada no abismo. Como no comentário acima:

"Ela è o próprio abismo!!!" [2]

Equipe MaryaJoana disse...

Vamos parar de hipocresia...
Que abismo o que, abismo é essa legislação que temos, que um traficante vai preso e depois é libertado por bom comportamento.
Será que não conseguem entender que maconha proibida faz mais mal do que maconha legalizada?
A maconha não é o primeiro passo, o primeiro passo é o alcool, duvido que alguem tenha experimentado maconha antes de tomar uma cerveja? mas como o alcool é legalizado não entra nessa estatistica né?
É deprimente ver comentários de pessoas dizendo que a maconha é o abismo, que é a porta do abismo, o primeiro passo para as drogas mais pesadas e etc...
Pensem melhor no que estão falando, reflita mais sobre o assunto, analise as possibilidades, deixem de ser hipocritas.

Caroline Nogueira disse...

acredito em outras formas de conseguir um prazer, eu acredito que seja um escorregão no abismo, pq ninguém fuma manconha querendo ficar viciado.. muitos só or curtição e por curiosidade, por isso é um escorregão!

beiijos

Anônimo disse...

" (...) abismo é essa legislação que temos, que um traficante vai preso e depois é libertado por bom comportamento."

Tem razão.
Um traficante, seja "pequeno" ou "grande" não deveria ser beneficiado por bom comportamento. Pelo contrário. As penas para esses criminosos deveriam ser mais duras.

A propósito, faço minhas as sensatas palvras de uma das comnetaristas:
"Ela è o próprio abismo!!!" [3]

Anônimo disse...

Todas as pessoas que conheço na faixa dos 30 e são usuários regulares ,seriam muito melhores(em vários ou determinados aspectos da vida) se não fumassem.Mas aqui se fala da legalização da venda e do consumo?Se legalizarem o consumo somente vai dar m... hahaha
Primeiro passo , ainda que para alguns sortudos seja somente um passo em falso.

Drunken Alina disse...

Eu fumo.
E gosto.
E nem por isso sinto vontade de tomar doce (sempre fui baladeira)nem nada mais pesado.

Também nunca vi ninguém sair agredindo os outros pq estava brisado! Só quem bebe é que acaba fazendo merda, portanto considero o álcool pior!
Quando bebo mtas vezes viro uma demônia de tão agressiva, e nunca qdo fumo.

Acho que existe sim muuuito preconceito.

Acho também que tanto a maconha qto o álcool qto qualquer outra coisa que altere nossos sentidos pode servir de "porta" pra uma pessoa ir pro fundo do poço.
Acho que se alguém tiver de virar um viciado, vai usar de TUDO.

Carolina disse...

Maconha: uma erva natural ou o primeio passo para o abismo?

Tudo muito relativo...conheço pessoas que usaram e usam depois de adulto eventualmente pra dar uma relaxada e outras que foi a porta pra entrar num mundo mais pesado.

Mesmo assim não sou a favor da legalização porque não temos cultura pra encarar isto. De jeito nenhum! Não encaramos direito tanto coisa, olha o caso do Crack.
Vários movimentos acontecendo pra intensificar o extermínio desta droga tão letal, a mídia divulgando de forma maciça a destruição, o jornal nacional mesmo passou a semana inteira falando sobre a droga e te pergunto: o Seu Lula se manifestou, o governo deu retorno?
Não porque não é Olimpíadas, né?

Sem mais,

bjão

Georgia disse...

Sao os valores da educacao que estou acabando e nao mudando.

Bjus

Iseedeadpeople disse...

Acho qquer tipo de droga UMA MERDA. E antes que me chamem de HIPÓCRITA por causa de cigarro e bebida, vou acrescentar: tbm sou radicalmente contra cigarro e bebida.

Acho um ABSURDO TOTAL seu amigo ser médico e ainda defender a maconha. Eu sou médica patologista e legista , e todos os dias vejo, ao vivo e a cores, os efeitos danosos das drogas (incluidos álcool e fumo, obviamente):
aumento de homicídios, acidentes de trânsito, suicídios, sem falar nas doenças - enfisema, câncer, cirrose, demência etc.

Não deveria haver NENHUMA concessão para as drogas. Não me interessa se a maconha é legalizada ou não, isso é o que menos importa, diante de tantos efeitos trágicos que ela causa na Sociedade.

Isadhora disse...

Muito triste o relato desse pai!!!
E ao mesmo tempo, fico emocionada quando vejo um pai não passando a mão na cabeça do filho.

Não tenho filhos, mas... Será que é tão difícil dizer NAO aos filhos??
Nao posso crer!!

Sou muito amada pelos meus pais e amo-os demais!
E o que eu ouvi de NAO, afff...
nem te conto...

Mas te conto uma coisa: nao me traumatizou em nada!
Pelo contrário!!! Agradeço a eles até hj!

Ahh... e respondendo: definitivamente é o 1º passo pro abismo.

Monique disse...

Maconha é uma coisa tão normal e nada prejudicial que dá larica, fedor, o povo fica lerdo...
Ah, mas também não vicia.Claro que não vicia...
Mas por quê vcs não param de fumar?
Porque não querem.Ah muito compreeensível, né?Até porque pôr fumaça para dentro do pulmão e ficar igual aum retardado é um fator essencial a vida humana.
Então, relamente vcs não têm motivo nenhum para fumar uma coisa ilegal.
Querida, eu não daria coca-cola ao meu filho se eu tivesse um.Cuido dos meus primos menores e enquanto passam o mês comigo até o doce tem que ser na quantidade ideal.Esse seu amigo dizendo que fumaria com o filho é no minímo sem noção do que é cuidado e amor.Eu não fumaria açúcar com o meu filho se isso fizesse o que a maconha faz aos maconheiros.
Eu preferiria se batessem no peito e dissesem:
Sim, somos usuários de drogas.

Anônimo disse...

Sim somos usuários de drogas...

lulu_2007agata disse...

A MACONHA SO NAO E LEGALIZA PQ ELA NOA PAGA INPOSTO PRA SER CONSSUMIDA PQ SE PAGASSE E ESSE IMPOSTO FOSSE PARA O BOLSO DOS VERIADORE OU PREFEITOS SEJA LA O QUE FOR ELA SERIA ÇLEGALIZADA MAIS COMO ISSU NAO ACONTECE ELEE E PROIBIDA AS PESSSOAS QUE USAM NAO PAREM DE FUMAR MACONHA NAO ELA FAZ BEIN . !

max disse...

Porque a Maconha é Ilegal

Esse é realmente um assunto polêmico. Podemos ficar falando por horas e não chegaremos à lugar algum. A grande maioria das pessoas consegue conviver harmonicamente com a maconha, mas algumas podem perder o controle.

1 - Se você fuma muito, pode ter a chamada "Crise Amotivacional", você não tem vontade de fazer nada, faz vários planos e não consegue realizá-los, deixa tudo para amanhã...

2 - Um número insignificante de pessoas pode ter a "Síndrome do Pânico", um surto de ansiedade e pânico sem motivo aparente. OBS: As pessoas diagnosticadas de esquizofrênicas tem uma grande tendência à esses surtos. Em pessoas normais e de bem com a vida é raríssimo. Nunca ouvi falar.

3 - O uso crônico pode causar "Depressão".

4 - Existem também os problemas semelhantes ao do uso da nicotina (risco aumentado de câncer de pulmão, etc..). Sabe-se hoje que um "palheiro" causa 4x mais danos à sua saúde que um cigarro industrializado. (Não se esqueça que um cigarro de maconha não tem o mesmo tamanho que um de nicotina, industrializado). Resumindo, uma pessoa que fuma 1 carteira de cigarros por dia tem os mesmos riscos de um usuário de maconha que fuma pouco mais de 5 baseados por dia.



Mas eu gosto de fumar, o que posso fazer para evitar tudo isso ?

Use a maconha, não deixe que ela use você. É possível conviver harmonicamente com a hemp.

Não se acostume a fumar toda hora, guarde para momentos especiais. Fumar maconha é como uma "Roda de Chimarrão": amigos reunidos, conversando, rindo e se divertindo. Fumar com sua (seu) namorada(o) é também um grande prazer. Quem sabe não abre mão...

Tente não fumar sozinho. Isso induz à fumar mais e pode prejudicar as suas relações interpessoais, principalmente com pessoas que são contra a cannabis.

Faça sempre uma atividade esportiva, até mesmo caminhadas ajudam.

Acorde cedo, veja o sol, a luz do dia. Não troque o dia pela noite.

Nunca deixe o fumo em primeiro lugar na sua vida. As pessoas precisam produzir para serem felizes. Se você fumar demais, não vai realizar seus planos e deixará você muito infeliz. Se você tem alguma atividade altamente intelectual, deve reduzir muito o fumo. Deixe para finais de semana, praia, época de férias... Reserve pelo menos 1 ou 2 dias para se recuperar antes de trabalhar.

Don't worry, be happy...





Legalizar ?

Você sabe como funciona o tráfico de drogas? Sabe quantas pessoas e dinheiro isso envolve? Sem dúvida é uma forma de ganhar dinheiro rápido mas com muitos riscos.

O agricultor planta e vende por cerca de R$120,00 o kg. Sabe-se lá por quantas pessoas a maconha passa até chegar nas vilas de Porto Alegre por até R$600,00 o Kg. Isso é quanto o traficante da vila paga. Se você comprar dele, já duplica o preço novamente. Existem várias pessoas que compram 50, 100 gramas e revendem novamente... Resumindo, muita gente ganha dinheiro com o tráfico, do plantador ao seu vizinho.

De onde vem a violência associada ao tráfico? Se alguém faz uma compra e não paga, para quem o vendedor vai reclamar? Ele tem a sua própria polícia, e muito bem equipada, que faz a sua própria justiça. Brigas por pontos de tráfico, tiroteios com a polícia, balas perdidas, tudo isso por dinheiro...

O usuário tem que conviver com esse tipo de gente para fumar. Isso leva a mais pacífica das pessoas a ter uma vida marginal. Quantas pessoas morreram devido ao uso da maconha? Nenhuma. Quantas morreram devido ao tráfico ilegal? Várias por dia...

Você já pensou quantas pessoas da sociedade fumam maconha? Muitas, eu digo isso com certeza. Advogados, médicos, mendigos, meninos de rua, policiais, estudantes, não importa a classe social. Imagine seu filho indo na vila comprar maconha. Isso é muito normal. Todas essas pessoas estão expostas à esse risco. Cada vez mais gente fuma maconha, está escrito em todo lugar. Aumenta também o dinheiro envolvido e a violência, que fere nossos amigos e familiares.

max disse...

A Maconha

Efeitos Físicos

Os efeitos imediatos da intoxicação provocada pela maconha no físico são:

· Congestionamento ocular

· Redução da saliva

· Aumento da freqüência do pulso

· Aumento de pressão arterial



A fumaça da maconha irrita as mucosas das vias aéreas e produz problemas respiratórios, prejudicando os brônquios e a função pulmonar, sendo comuns os casos de bronquites crônicas e enfisemas. Os seus compostos químicos provocam náuseas, vômitos, diarréia, descoordenação motora e taquicardia.

A intoxicação canábica altera o teor dos neuro-hormônicos, acarretando mudanças no funcionamento dos processos cerebrais: chega a produzir atrofia cerebral, com alteração dos ventrículos cerebrais. Campbell e colaboradores relatam a evidencia de atrofia cerebral em dez jovens hippies que fumaram maconha diariamente, por períodos variáveis. Através de um processo especial de radiografia do cérebro (pneumoencefalografia), eles constataram aumento e distorção dos ventrículos cerebrais dos usuários.

O uso habitual da maconha afeta gravemente o organismo humano. Mesmo em quantidades ínfimas as substâncias químicas essenciais à formação celular e sua reprodução. Com efeito, os canabinólicos prejudicam o metabolismo celular e impedem a formação satisfatória de ADN (ácido desoxirribonucléico), ARN (ácido ribonucléico), e de proteínas, substancias indispensáveis às divisões celulares e à sua reprodução.

Observe-se, outrossim, que o THC é excretado muito lentamente, acumulando-se nos tecidos do organismo: no plasma ele persiste cerca de uma semana.

Estudos recentes no campo da imunologia provaram que a maconha provoca um processo de debilitamento:

1. Diminui a defesa natural do organismo, tornado-o mais sensível a infeções.

2. Altera os cromossomos, com prejuízos genéticos.

3. Altera o regulador de hormônios, podendo acarretar impotência e esterilidade temporária.

Os casos de toxidade letal são raros, mas podem ocorrer, dependendo, dentre outros fatores, da freqüência, quantidade e qualidade da maconha utilizada pelo farmacodependente.

Anônimo disse...

Primeiro acho absurdo como as pessoas escrevem errado. Mas tudo bem; nem todo mundo teve a chance de ter uma educação como a minha.

Vamos por partes:

1. Acho que só devia opinar quem já usou, ou, no mínimo tem ou teve alguém em casa que fuma/fumou. Especular, dizer que "leu não sei onde" é bobagem.

2. Maconha afeta o comportamento sim. Gostei muito do post da usuária que falou que a maconha deve ser usada em momentos especiais. Está certíssima. Eu usei por dois anos. Fumava muito e perdi dois anos da minha vida. E olha que eu era super consciente. Depois de experimentar, e gostar, visitei um centro de recuperação de viciados, só para saber o que poderia estar me esperando. Felizmente, depois de dois anos, decidi que já era hora de dar um basta. Afastei-me dos antigos amigos. Fiz um concurso, casei, tive um filho. Sinceramente, se ainda estivesse usando, dificilmente, teria realizado alguma coisa.

Meus antigos companheiros de maconha que continuam no ritmo de antigamente, estão numa situação de dar pena. Marginalizados pela família, sem emprego ou com emprego ruim, sem perspectiva de futuro, não conseguem ver graça em quem não é usuário, dentre vários outros aspectos nocivos. Um ou outro se deu um pouco melhor. Esses usam com moderação.

3. Se 10% podem desenvolver problemas, já é muita gente.

4. O brasileiro não tem preparo educacional para conviver com uma descriminalização.

5. Espero que meu filho não fume, não beba, nem use outras drogas.

6. Em tempo: quando fumava maconha passei a fumar tabaco, porque é muito gostoso fumar cigarros comuns depopis de um baseado. Bebia muito nessa época. Tudo era festa. Experimentei cocaína algumas vezes, porque tinha um grande amigo que virou traficante e me dava de graça; mas era burro e usava também. Hoje é um vegetal, com mais de 30 anos, trancado em casa pela mãe. Fiquei amigo de traficantes, ladrões, taxistas promovedores de prostituição. Quando eu me ví, um garoto de classe média alta, dirigindo um carro importado - comprado pelo papai, formado em Direito, convivendo com tipos completamente à margem da sociedade, eu saquei que eu era a vítima em potencial deles. Nessa hora eu larguei a maconha. Minha vida hoje é ótima. Graças à Deus.

Não experimentem! Pode não ter volta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...