sexta-feira, 21 de maio de 2010

Você está velha para o que?

Idade: 80 anos.

Viagens internacionais: O.

Nível do inglês: O.

Nível do português: sabe assinar o próprio nome.

Primeiro passaporte: Maio/2010.

Destino: Holanda.


Esta senhora embarcou com a filha, ontem, para Holanda. E dai? E dai que daqui a uma semana ela volta sozinha para o Brasil. Isso mesmo, sozinha. Vai fazer imigração, vôo, tudo se virando.

Solução? A filha fez placas com desenhos e seu significado em inglês. O que ela quiser dizer levanta a folha de papel e abusa da mímica. Ela desistiu? Nada! Topou! E embarcou!

Já a sogra holandesa da minha mãe disse ao filho:
- Se você for morar no Brasil, não vou nunca te visitar. Adoraria conhecer, mas estou muito velha para fazer viagens tão longas. Detalhe: ela tem apenas 60 anos.

"Já estou velha para isso." "Estou velha para aprender." A quantas oportunidades dizemos não por acharmos que já estamos velhas, já passamos da "fase" ou já não temos mais vitalidade? Se uma senhora de 80 anos pode superar seus limites por que tantas mulhers de 30 não dão um mísero passo?

Essa é minha avó, mas ela não está aqui por isso. Muitas mulheres vão deixando seus sonhos pelo caminho, achando que a idade é uma bengala/desculpa para tudo. Ela está com medo de voltar sozinha, claro, mas não perderia esta oportunidade de fazer sua primeira viagem internacional, simplesmente, porque está viva!

Levei ela para um cruzeiro no ano passado e assim que embarcamos ela foi a primeira a colocar o maiô e a canga e correr para a piscina! Já a filha dela de 50 anos ficou com vergonha de mostrar as pernas.

Se estamos velhas hoje, amanhã estaremos ainda mais! Sou mortal e tenho o hábito de achar que estou velha para milhões de coisas. Mas quando vejo minha avó dizer que está indo para Amsterdam, mas o próximo destino é realizar o sonho de ir para o Norte fico pensando... Você está velha para o que?

21 comentários:

Anônimo disse...

Me sinto assim, velha para um monte de coisas, inclusive para voltar a estudar. Sua avó é um exemplo, eu não teria a coragem dela, nunca. Nem com os 42 anos que tenho.

Ela me inspirou...

Annah disse...

Guria estou irritada contigo!!! haushuahsauhsa
brincadeirinha mas é que fiquei dias sem um livrinho na mão pq não sabia o que ler!!!Aí no desespero fui a livraria e futricando lá me lembrei da Jane Austem e pimba lá vem um Emma pra casa hahahaha
mas fiquei quase 15 dias sem ler um livro novo, só repaginando alguns que tenho e relendo pra dormir.
Amo ler! Passo um ano sem comprar um sapato mas não passo um mês sem comprar um livro.
Ver filmes tbm adoro, foi onde soube da Jane no filme Orgulho e Preconceito, agora estou encantada por Ema.
Mas enfim, vou comprar seu livro viu!Li o primeiro capitulo fiquei chocada com Paul e vou ver que fim triste ele terá hehehehehe
Guria a tanto mas tanto tempo leio teu blog e nem tinha idéia que tu é escritora de livros hehehe
Mas agora vou comprar sua obra ;)
Vê se me visita, vez sim, vez não o Annah world tu visitava rum!
Mas enfim, me acho velha pra algumas coisas sim e não cheguei aos 25 hahahaha
Mas tem coisas que quero fazer e minha mãe grita dizendo que sou velha pra tal coisa (como subir em arvore, dançar balé, voltar a aulas de piano) ñ é sempre q ela diz mas nas poucas vezes me acomodei. rsrsrs Acho q ela diz q sou velha pra alguma coisa desde q eu tinha 5 anos.Ah sou velha pra GR rsrsrs ginastica ritmica.
Mas então, sua avó é linda de exemplar.
Imagine na nossa idade quantas coisas ela quis fazer...
Bom, é isso.
Bjus adorei o que li do livro vou acabar de ler Jane e compro ele ;) comento aqui o que achei.

jaqueline disse...

Aho que essa frase e apenas uma desculpa pra nao admitir que temos medo... a minha mae ja veio 2 vezes sozinha pra alemanha com os seus 62 anos tb so sabe assinar o nome,e adorou fez amizade dentro do aviao e ja esta progamando a terceira...bju linda

Luciana Håland disse...

Eu estou doida para voltar a patinar, mas morro de medo, idem para a bicicleta. Penso, analiso, imagino, vou nas lojas ver e tentar sentir, mas volto pra casa de mãos abanando e com medo de já estar velha (no sentido de que a idade näo vai me permitir habilidade) para tentar a bike ou os patins. Mas näo desisti, vou adiando, mas um dia chego lá.
Inspiradora a sua avó, só em ler me deu um ânimo.
Beijo

Nanci disse...

Nossa, eu fico perguntando todo ano para a minha mae no BR, quando que ela vai decidir vir me visitar. Ja moro aqui ha dez anos e sai do BR quando tinha 22 aninhos, minha mae nunca veio aqui, diz que tem medo de viajar de aviao, ela tem 68 anos. Eu sou completamente o inverso dela, faço tudo que me da na telha e viajo sozinha para visitar as amigas por aqui na Europa.

Dri Viaro disse...

Me sinto velha pra fazer faculdade, algo que nunca fiz, massss nunca é tarde né hehe
bjsss

Desabafando disse...

Vc tem toda razão. Nunca é tarde pra nada. Ano passado minha mãe foi pra Europa sozinha e fiz mais ou menos como vc cita aí. Montei um papel com frases básicas pra ela passar na imigração já que não sabia nada de inglês e nunca tinha andado de avião. Ela se virou muito bem! A volta foi mais fácil porque ela estava com meu irmão mas pra quem não sabia nada ela fez muita coisa sozinha.

LICIA TATIANE disse...

Vixe!Tenho mania disso,Cortei o cabelo curto,por que na minha cabeça abitolada falei que não tenho mais idade para cabelão.Faculdade,tenho vontade de fazer,mas a profissão que eu queria fazer, acho que não tenho mais idade.É tudo coisa da cabeça.Para fazer é só querer!Beijos.

Ich, Hausfrau disse...

É mesmo, a gente sempre inventa uma desculpa para fazer ou não fazer algo e geralmente essa desculpa é: estou velha d+ para isso!
Pena que deixamos para curtir a vida muito tarde... não deveríamos deixar as oportunidades legais passarem. Num conheço sua vó, mas já gostei dela!
Obrigada pela visita, volte sempre que quiser!
Abs,

Cláudia Acourt disse...

Flavia, vez ou outra vc fala da sua avó e sempre me simpatizei muito com o que dizia. Agora sabendo desta história, da forma como ela pensa, vi que ela faz parte do tipo de pessoa que sempre me estimulou a ir a frente nos meus projetos. Sempre lembro das historias de pessoas idosas, com mais de 70 anos, que resolveram fazer vestibular e passaram. Como é o caso de uma senhora que o medico mandou fazer palavras cruzadas para ajudar na memória. Ela simplesmente decidiu que faculdade seria melhor. Ou do senhor que aos 81 anos se tornava um medico, sonho de uma vida. Sao pessoas que nao tem medo de viver e o tempo é relativo. Tenho seguido esta linha de pensamento e me sinto muito disposta a fazer tantas coisas na vida.
Vez ou outra eu esculto, de amigos/familiares no Brasil, que estou jà estou velha para algumas coisas como casar, daqui a pouco vou estar velha para ter filhos etc. Eu sempre respondo que nunca vou estar velha para amar e ser amada, seja um marido ou um filho (que pode ser adotado) mas os velhos da historia sao eles que depois de casados e com filhos esperam a morte chegar (tragico, mas vez ou outra eu tbem gosto de dar uns tapas .. rs).
Outra vez, adorei a sua avo. Parabens.
Bjs

Linda Carioca disse...

Adoro tanto seus textos, pena que tenho andado tão atribulada para comentar todo dia.Mas comentarei aqui os que perdi:

* Sexo virou atestado de que o relacionamento vai bem?

Não, claro que não.E cá entre nós, eu não sou do tipo que compartilha a vida íntima.

* Nem sempre a mudança é o melhor caminho?

Eu sempre acho que não se mexe em time que está ganhando.

* A idade aumenta e o cabelo encurta?

Pelo menos no meu caso, não. Eu entendo que corte por que quer mudar o visual, enjôou de ter cabelo comprido e tudo mais... agora, acho podre gente que corta o cabelo por que entrou em X idade(onde está escrito isso?), por que teve filho( essa eu não entendo,juro, e vejo mulheres lindas ficarem feias por que acham que filhos e vaidade não combinam),por que tem preguiça de cuidar ( bom, tanto faz chanel, meio das costas ou na cintura, todo mundo tem que lavar, pentear e cuidar, certo ?)...

Linda Carioca disse...

Ah, sobre esse post de agora, "Você está velha para o quê ?"

Acho que não estamos velhos para nada... tendo saúde e lucidez, podemos fazer tudo que queremos.

E coisas que não podemos fazer por conta de limitações de saúde, como por exemplo, sei lá, ter filhos com idade avançada,podemos fazer de outra forma. Nesse caso, ao invés de ter naturalmente, a pessoa pode adotar ou então trabalhar como mãe voluntária.

Acho que muitas vezes falamos que "estamos velhos para..." por que nos deixamos levar pela sociedade nojenta e mesquinha que só faz colocar as pessoas para baixo.

Gostei do comentário da Cláudia Acourt, que disse : "...os velhos da historia sao eles que depois de casados e com filhos esperam a morte chegar". Disse tudo ! Gente frustrada e maldosa merece mesmo essas respostas, rs !

Claudinéa Elias disse...

Olá olha eu aqui novamente, qdo eu estava com 32 anos eu tirei minha carteira de motorista, nesta época eu achava que ja não saberia mais fazer algo tão inteligente rsrsrs, mas pimba tirei de segunda vez, me orgulho muito, pq nunca havia pegado um carro para guiar.Este ano cismei que vou prestar vestibular, fiz 40 anos em abril, estou me sentindo muito feliz, muito forte, se eu não conseguir passar já é outro caso a pensar, mas vou me orgulhar muito de ter tentado. Á cada dia tento colocar um desafio pq se parar de me desafiar a cama me ganha e a depressão toma conta, infelizmente durmo dia e noite , é muito triste.
Adoooro a internet, hj estou muito fortalecida pq es~tou com tantos desafios que a depressão e a cama podem esperar sentadas ou deitadas q tão cedo vão me ter lá, rsrsrsrsrsr
Bjoss
Clau
www.artesdeclaudinea.blogspot.com

Nathi disse...

Sou velha pra matinê...

;)

Carolina disse...

Eu acredito cada vez mais que o boicote e sabotagem é um movimento de dentro paar fora.
Somos os nossos maiores podadores.

Sobre o livro: achei bem interessante ler, e o que me estimulou foi uma entrevista que vi dele. vale a pena, para quem lê de tudo um todo.rs

bjão

cantinho she disse...

Sensacional! Bjo, bjo!

Cíntia Mara disse...

Ok. Levei um tapa de luvas agora. Ler isso um dia depois de fazer 24 anos e se achar idosa... Eu tenho pavor de envelhecer, confesso. E acho que tô velha pra um monte de coisas :/

Kenia Chan disse...

como diz Confúcio: Qual seria sua idade se não soubesse quantos anos tem?

tenho certeza que ela não pensa na idade, pois o valor verdadeiro da vida não se pode contar por números.

Mary disse...

Ah, só desisto se morrer; não entendo "estou velha para..."

Tucha disse...

Olha já passei dos cinquenta e acho que estou velha pra muito pouca coisa, tipo: usar saia curta demais, maquiagem excessiva... coisas que lhe coloquem no ridículo. Para tudo mais... ainda dou para o gasto, mesmo que sem o mesmo pique.

Elis disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Essa eu amei! Menina, me lembrei da minha mae q nunca tinha viajado de aviao na vida e foi em 2008 pra os Estados Unidos sozinha da Silva! Eu tava gravida e ela precisava vir, entao, meteu o pe e calcou a coragem. Ja esse ano, a danadinha foi p Portugal nos encontrar la e ainda voltou sozinha, mais uma vez p o Brasil. Agora ela ja ta pronta...pra outra! Ainda esse ano ela viaja p ca p os EUA de novo! E viva a coragem!! A gente nao tem q ter medo de nada e nem de aprender tudo a qualuqer hora, ne?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...