sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Status ou propaganda gratuita?

Há umas semanas atrás saiu na Veja uma reportagem sobre mulheres que usam LV para mostrar status.

Conforme ganham mais dinheiro, vão subindo um degrau e comprando os modelos mais caros da marca. Algumas chegam a pagar R$ 20.000,00 por uma peça.

Eu vi esta foto ao lado, em miniatura, na internet. Amei a bolsa e fui correndo ver de onde era, em uma imagem maior: LV. Na hora murchei:

1. Pelo preço = US$ 3.3350,00. A carteira sai mais barato, uns US$ 1.900,00.

2. Por ser toda estampada de LV.

No Brasil existe um marca no mesmo esquema, a Victor Hugo. Algumas bolsas eu adoro, mas me recuso a paga e ainda sair anunciando. 

Tenho uma amiga que acabou de ganhar uma falsificada da VH. Ao menos pagou barato, mas sou contra falsificação de todo tipo: livros, bolsas, jóias. Se gostou do modelo, invista e prestigie quem criou.

Tudo bem... Eu confesso... já comprei uma LV falsificada na Chinatown de NY, mas só porque amei o modelo. Mas nunca consegui usar. O zíper enferrujou, a alça descosturou e, toda vez que eu olhava para ela... não rolava.

Não que eu não ame nem compre bolsa cara! Quando gosto, fecho o olho e vou embora! Passo o cartão! Mas gosto de manter o mistério. De me garantir porque estou com aquilo que gostei e ser notada por isso.

Mas estou in Love com esta bolsa rosa, apesar de ter uma linda da Ellus bem parecida! É claro que se o pessoal da LV entrar em contato comigo e me der uma de presente vou sair pela rua faceira fazendo a propaganda! Até anuncio aqui! Mas... enquanto eles não me ligam... Fico aqui babando e pensando... Bolsas com estampas da marca... Status ou propaganda gratuita?

22 comentários:

K∂riиє* Smith. disse...

Os dois!
Faz uns dias escrevi um post mais ou menos sobre isso, na verdade já tinha 3 bolsas e 1 carteira que tinha ganho de presente de exs namorados, mas foi em Paris que tive que pensar antes de adquirir uma outra, já que agora o presente foi do marido...sabe como é, depois das crianças a peruice tem que diminuir...hahaha

Também detesto fakes...

Fabielle Bacelar disse...

Pra mim é propaganda gratuíta..

Eu sou do tipo de mulher que adere ao "faça você mesma" tá certo que nem tudo dá pra eu mesma fazer... mas como frenquento muitas lojas de materias primas, armarinhos, feiras livres e etc, acabo sabendo o quanto custaria se eu mesmo fizesse..

Acabo não comprando, por achar que eles colocam esse preço todo pra provar que minha inteligência foi afetada pela falta de senso crítico em relação ao sistema que gere o mundo.

Até mais

Luciana Håland disse...

Eu acho propaganda gratuita, detesto, não gosto de sair com marcas penduradas em mim, não compro bolsas assim. Ganhei uma D&G que tem a marca visível, não gosto, mas gostei do modelo, näo percebi que tinha a marca, meu marido me deu e também näo sei se é falsificada ou não, não tenho como saber, fico na dúvida e por essas duas questões acabo não usando.
Se me fosse dada a LV eu também usaria, mas pagar pra desfilar marca nao dá. Mas parece que o status tá em mostrar que realmente pode ter uma LV, e talvez os outros mortais não soubessem distinguir se não tivesse bem na cara esse monte de letrinhas. Outra coisa que acho péssima é carregar umas bolsas, ou outra coisa, para mostrar, eu me recuso a aparecer por causa de um produto ou mesmo está dando destaque ao produto e me colocando em segundo plano. Outro dia vi uma foto de Claudia Leite carregando uma bolsa, a bolsa aparecia mais que ela, e fiquei pensando que uma moca täo bonita, que alcancou tanto sucesso e fama podia muito bem dar uma banana praquela bolsa e comprar algo mais original, a bolsa era uma Birkin, da Hermès, certeza que no Brasil tem coisa melhor e mais bonita.

Acho que estou meio radical, kkkkk
Beijo

Albuq disse...

Oi Flávia,

eu sou assim, se gosto eu faço um sacrifício e compro, dependendo de quanto for, mas, comprar por comprar, por status não faço, porque não me ligo muito nisso, porém, quem não adoraria poder comprar tudo??? Todas né!
Adorei o post, amei a bolsa da imagem.

bjs

andreia inoue disse...

ola!!
para falar serio acho que a maioria usa por status.E quem pode,pode.Afinal,se a pessoa tem poder aquisitivo,nao vai ficar economizando.E Quem nao pode usa as inspirations ou as falsies.
:D
No meu caso,prefiro comprar de lojas populares mesmo.
beijaooo.

Ich, Hausfrau disse...

Status, com certeza!... quando eu vejo algo, mas o preço tá nas alturas, naum levo! Eu sei que a gente trabalha pra gastar dinheiro, mas tem muita coisa por aí mais em conta e de boa qualidade... minha vida não vai ficar nem pior nem melhor levando um item absurdo de caro, que depois vou me matar pra pagar... mas cada um tem a consciência dos seus atos
bjo

Lucia Cintra disse...

Eu acho assim: se vc tem dinheiro e pode gastar, que se esbanje e compre tudo o que seu coracao deseja. Porem acho errado e meio burrice, uma pessoa ja com dividas, gastar tudo isso numa bolsa so pra mostrar que tem!

Cada um com a sua, eu jamais gastaria tudo isso numa bolsa, mesmo podendo comprar. Prefiro fazer uma viagem legal, comprar eletronicos (que pra mim tem mais utilidade) e nunca conseguiria me ver com algo assim so pra ter.

Eu em particular, nao gosto dos designs do LV e tem mts outras marcas que compraria antes da dele. Mas como disse, gosto nao se julga e cada um com a sua, ne?

Bjos

Sandra disse...

Eu acho que é uma questão de querer demonstrar status. A menos que você tenha tanto dinheiro que aquilo não vá te fazer falta, e isso é para poucos, muito poucos. E como está longe de ser o meu caso nem penso em comprar uma LV ou VH...
Beijos

Bonequinha de Luxo disse...

Flavinha, este assunto é polêmico, mas vou me ponunciar rsrsrsrs, eu adoro bolsas, minha perdição, as meninas do blog já sabem, qdo gosto e posso compro bolsas grifadas, pois as clássicas são atemporais, tenho uma speedy da LV que tem 15 anos, sou contra falsificações, tem marcas brasileiras com bolsas lindíssimas, não precisa usar falsificação só pelo logo né?Obrigada pela visitinha e amei o nome do blog, daqui a pouco ele não serve mais para mim hahahahahha, abafa, bjs, Va.

Linda Carioca disse...

Acho que as duas coisas... por mais que seja de um bom material, bom couro e tudo mais, acho que esse preço não justifica a qualidade da matéria-prima e sim a marca.

Infelizmente as pessoas se preocupam mais em se exibir. É triste ! Gente infeliz, que se mata de trabalhar por que precisa se exibir na vida real e virtual (blog e twitter).

Beijos !

Layla Barlavento disse...

As duas coisas amore. Já tive uma VH, e uma vez saí com ela e levei um brega de minhas amigas porque a medalha com a marca estava virada pra mim. Era a maneira mais segura de carregá-la. Mas não podia fazer isso porque ninguém ia ver que minha bolsa era VH e original. Já fui assim, propagandista ambulante e gratuita. Ou melhor, pagando pra fazer merchandising. Agora só compro o que eu gosto e não pelo status que representa.

Beijos na alma!
Layla Barlavento
culpadowalter.blogspot.com

Cleia Lucena disse...

Acredito que seja os dois, mas no fundo muito mais status mesmo.
Não tenho coragem de pagar, acho um absurdo, tudo bem que é um absurdo lindo e tentador.

Beijos

Cheers! Fla disse...

Oi Fla,

Acho que os dois tbem e concordo com parte do que a Lucia disse, se vc tem grana e quiser o que for, vai em frente, por que nao? Agora ficar endividado soh para ter uma eh ridiculo e meio burrice. Aqui em Londres ando na rua soh olhando LV, a cada 2 mulheres, 1 tem LV, ou tem muita mulher endividada na Inglaterra ou tem muita bolsa falsificada por ai ha, ha, ha.

bjs

Gisele Moura disse...

Eu acho que quem quer ostentar que ostente, mas eu prefiro coisas descoladas feitas por mim, como se eu fosse assim tao descolada, ou compradas numa feira de artesanato ou de pequenas empresas. Agora se eu fosse dessa de ostentar compraria uma boa réplica que é bem mais barato. Quando estive no Brasil ano passado uma amiga me deu uma réplica LV eu cheguei aqui na Áustria e passei logo para frente. O que eu odeio das marcas de luxo é que a gente paga caro se expõe e ainda paga para fazer propaganda. Quando eles me derem a bolsa e pagarem um dinheirão, eu uso, do contrário, NÃO. Vou ostentar e divulgar dona Zoraide que costura um monte e está precisando de uma grana para pagar o tratamento de varizes dela. Risos.

Tatiana disse...

Oi Flavia,
Com certeza vivemos em fases, com ou sem filhos!!!Obrigada pela visita la no blog.
Quanto ao seu post, eu ate gosto de varias coisas de marca, mas tento comprar em promocao, ou fora de colecao.Quanto a LV que nao tem promocoes ainda estou no desejo..rsrs..
Bjs,
Tati.

Cecamt disse...

legal q vc vem pela suica, espero q goste e pode sim pegar dicas no meu blog ;-)
bjs

Flavitchas disse...

Minha querida, muuuito obrigada pelo elogio!! :o)))
Quanto ao seu post, eu não sou muito ligada em marcas. Pode ser que se tivesse a conta transbordando de dinheiro, comprasse uma LV - afinal, quanto mais $$ temos, maior é o nosso padrão de consumo - mas não sonho em ter o armário recheado de grifes. Então eu voto na propaganda gratuita!
Beijão!!!!!

Lilly disse...

Até eu me apaixonei!!! rsrs Mas só nos meus sonhos mesmo...

Carolina disse...

Status pra mim tem outra definição.
Adoro uma bolsa boa, de qualidade e não me nego a pagar quando dá, mas de preferência daquelas clássicas, especiais, não as que vou fazer propaganda como log enorme sem receber nada pela propaganda. Acho até cafona! rsrsrs

Na minha dolescência a moda era ter VH e sem exageros eu tinhas umas 16, elas ainda existem no meu bolseiro, tenho pena de dar.Mas pagar por elas hoje? Nem pensar, tem igual em tudo que é camelô. Tô fora! E hoje sou mais alternativa, prefiro comprar algo diferente, de boa qualidade, mas não andar uniformizada. rsrsrs

bjos meus

bjos meus

Nani disse...

Nossa, fazia tanto tempo que eu nao vinha aqui!!!
Obrigada pela visita.

Olha, eh dificil viu. Eu adoro uma bolsa, mas nao pagaria esse preco absurdo nem se tivesse dinheiro sobrando. Acho que eu penso... tem tanta gente precisando de uma roupa, algo para comer e eu gastando 20 mil numa bolsa!

Mas se eh um preco assim mais ou menos "acessivel" eu compro se gosto. Junto o dinheiro suado e compro se gosto mesmo.

Eve disse...

Por coincidência, citei a LV no meu blog tb. Passando em Luxemburgo, vi pessoas em frente a vitrine da loja, tirando fotos, como "lembrança" do turismo. Acho que é ainda pior, elevar uma loja ao patamar de ponto turístico. rs
Não sei nem dizer o que isso é.
E não, não compraria mesmo tendo o dinheiro disponível.
bjs

Flavia Cardoso disse...

Nem todas as bolsas LV sao tao caras. Algumas VH custam o mesmo preco de uma LV. Um exemplo seria a neverful, que custa em torno de 750 dolares... Eu mesma tenho uma dessa, adoro o modelo, da pra carregar a casa dentro... Acho que nem todo mundo que compra LV fica endividado e muito menos eh milionario... Existe pessoas que podem comprar sem afetar as despesas mensais.
Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...