sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

TROPA DE ELITE. Está faltando um BOPE em sua vida?


Uma amiga, 36 anos, está querendo separar do marido há dois anoa. Conversando com ela na quarta-feira, vi um policial corrupto dando milhões de desculpas para não sair de casa.

 Rouba a própria felicidade, colocando a culpa no "sistema".  A gente ganha pouco, por isso roubo = ele não quer terminar o casamento e faz escândalo, por isso continuo com ele.

A gente tem uma calma com a gente mesmo que tem um nome “inércia”. Somos um PM corrupto em nossas vidas. Nos vendemos por qualquer migalha. Qualquer dinheiro do GatoNet a gente já aceita.

Quem se deixa corromper pelas próprias desculpas e explicações não acredita em si mesmo. Tomo remédio, porque não consigo emagrecer mesmo...

Sempre deixamos para amanhã o que podemos corrigir hoje, nos deixamos ser corrompidas por uma barra de chocolate no final de semana fazendo todos os dias de esforço de dieta ir por água abaixo. É uma corporação inteira, sendo denegrida.

Deixa para amanhã... Hoje eu estou mal... TPM... = Libera ai dotô, sô só usuário, tô com pobrema em casa, tô robano pra comer.

Versão BOPE – Não! É hoje! Agora! E não adianta nem pedir para sair 05! Porque usuário é igual traficante. Vai levantar essa bunca do sofá hoje! Vai sair de casa hoje e recomeçar a sua vida sem o homem que você diz que não quer mais! Vai arrumar o guarda-roupa, vai ler o livro que prometeu ler, vai estudar! HOJE, AGORA, 01!

A gente acorda todos os dias disposto a ser um policial corrupto em nossas vidas. Nos deixamos escapar por pequenas desculpas diárias. Como qualquer policial corrupto, temos desculpas para os nossos pequenos furtos diários. A corrupção é êxtase total na hora, mas lá na frente cobra um preço alto!

Falta um BOPE para dizer: vai lá! É na porrada! Por isso, ontem "resolvi dar um BOPE na minha vida" e fica aqui para a minha amiga: Tropa de Elite. Está faltando um BOPE em sua vida?

12 comentários:

mag disse...

Hum, e' isso mesmo!!! falta um BOPE na nossa vida, falta revolta dentro de nos pela vida que levamos e aceitamos, isso que e' pior.
Chega de se submeter a nossa covardia de enfrentar a dor hoje; a dor de terminar o casamento que ja nao funciona a muito tempo...chega de ser fraca!!!
E' BOPE ..... e hoje!!!
Gostei muito!
Um abraço.

Ana Paula disse...

Hauhauahuahuahau, gente! Olha só!! Inovador...inovador!
Beijão!

Lis Alves disse...

Olha,depois da massagem no ego que recebi,tive de vir aqui,rsrsrs.
Obrigada pelo elogio, mas eu ja tenho meus 33 aninhos, e meu filhotinho tem 1,70 de altura menina e só tem 13 anos...
Sou suspeita,mas ele é lindo,kkkkk.
Obrigada mais uma vez peas visitas.

Luciana disse...

Eu acho isso de ficar dando desculpas ou colocando a culpa nos outros por nossos problemas, defeitos, deslizes, grandes ou pequenos, simplesmente ridículo. Há muito tempo que já passei dessa fase, hoje em dia assumo mesmo e me assumo muito. Estou acima do peso que eu gostaria, sim, estou, porque como muito e näo me exercito, sou preguicosa e sem disciplina, tenho que mudar isso, pra ontem, mas não mudei porque não tive vontade de verdade ainda. Não vou culpar a comida daqui, nem o anticoncepcional, nem um problema de tireóide, ... simplesmente porque sei que näo säo culpados, antes de culpar a tireóide aleatoriamente fiz o exame e deu perfeito, então sou só eu, e assumo.
Näo dou desculpas, não culpo nada, näo grito pra sair de mim.
Essa semana matei aula, fui a professora e disse que não ia pra aula porque queria um dia livre pra passear, pronto, ia ter falta de todo jeito. Enquanto na mesma semana uma menina faltou porque dormiu demais e disse que tava doente, pra que? Levou falta de todo jeito.
No Brasil e em muitas partes do mundo a gente aprende a dar desculpas e a transferir a culpa, assim a gente nunca resolve nada, e nem resolvemos nossas vidas. Damos desculpas e transferimos a culpa pra outros porque simplemente é mais confortável, pra näo sair da zona de conforto, pra näo termos que assumir e enfrentar o problema, talvez porque enfrentar problemas, tentar resolver, talvez fracassar seja doloroso, mas ficar nele machuca também e talvez muito mais.
Sim, é preciso um bope, talvez pra se amadurecer a forca (com cedilha).

Beijo

Van disse...

Verdade Fla ...a gente se sabota o tempo todo e fica procurando quem a gente vai botar a "cara no saco", quem vai levar a culpa, sendo que ela é toda nossa...

BOPE pra gente...eu me assumo e corro meus riscos e não culpo ninguém porque sei que o que não boto pra funcionar na minha vida, ninguém vai poder botar...

Grande Beijo.

LICIA TATIANE disse...

Menina,não é que é mesmo!Mas isso tem a ver com amadurecimento,auto conhecimento.Cada ano que passa eu me conecto comigo mesma,vejo minhas necessidades,o que é importante e o que me deixa feliz e transformo minha vida em torno desse objetivo.É como uma limpeza no guarda roupa,o que não serve descarto!Não tem essa de guardar se...se... não!Tanto serve para sentimentos,coisas e pessoas.A vida é curta,é uma aprendizagem,não espera por ninguém,ela galopa.Beijos.

Sandra disse...

É muita verdade num post só!Conheço uma situação parecida! e é bem triste!

Aprender a reconhecer o que serve e o que não serve mais pra nossa vida pode até doer no começo, mas é o melhor a ser feito!

beijos!

p.s. o comentário de agradecimento do seu niver foi parar no blog da minha amiga! hehehe não sei como! e eu quero aquele comentário que vc escreveu pra mim no meu blog hahaha faço questão, hein!

http://apenasumavez.wordpress.com

Sam Passos disse...

Eu preciso me auto BOPAR... kkkkkk... pra voltar pra academia!!! De resto eu já me BOPEI!!! Eu já me decidi qto ao q eu quero e estou correndo atrás... só preciso mesmo das bênçãos do Senhor pra que meus planos se realizem, mas qto ao q me cabe fazer, a minha parte, estou correndo atrás... My goal: minha 1ª viagem internacional!!! E, se Deus quiser, aí vou eu!!!!!!!!!! Bjs Flavinhaaaaa.... :)

Anônimo disse...

Flavia,
muito legal seu post.
Eu sou suspeita de responder, pq geralmente tenho um BOPE na minha vida. Levo tudo tão a sério... justamente pq sei q podemos nos tornar escravos da nossa lentidão e preguiça.
Enfim, determinação e disciplina é 90% em nossas vidas, exatamente como é usado no BOPE e em todos os batalhões sérios.
Beijos, adorei a metáfora, vc podia escrever um livro com todas as comparações inovadoras q vc faz.
Miriam Machado

Albuq disse...

Ai-meu-Deus, falta bope na minha! bjsssssssss

Ella disse...

Uau, esse post me surpreendeu. Acho que falta um BOPE na vida das pessoas porque tomar uma atitude que mude as nossas vidas é difícil.

Mudar exige sacrificio e renúncia, traz um pouco de dor e sofrimento no início. MAs acho que no fim compensa.

Uma abraço, apareça sempre !

Lu Souza Brito disse...

Ahahahah, achei muito divertida a comparação, mas é bem por aí mesmo.
Nossas desculpas é o que nos mata diariamente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...