sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Libertação. Dá para agradecer a si mesma ou está difícil?

Todos os fracassos estão na ponta da língua! Raiva e arrependimento por ter ido por determinado caminho ou ter tomado determinada decisão consomem todo o resto que foi bom.

Mas, só por hoje, você só vai agradecer! Vai mandar os fantasminhas da derrota e culpa darem um tempo! Porque hoje, você vai pegar um papel e pagar uma dívida: ser a grata a si mesma. Vai escrever.

Enxergar os fracassos é importante, mas eles minam a força de suas tentativas. Está arrependida de ter casado com aquela pessoa? Não tem problema. Errou, mas se agradeça por ter tido a coragem de se entregar àquele homem e atendido seu desejo daquele momento. Seu coração vai ficar mais leve, garanto. E com o coração mais leve é mais fácil mudar qualquer rumo. Porque quando estamos pesadas não nos movemos, apenas nos arrastamos.

Ah... Vou fazer isso de cabeça, mesmo. Não! Tire esse tempo para você. Exija-se! Escreva! Você não merece esse esforço?

Ache o agradecimento no que mais lhe incomoda, no momento.

Obrigada por tratar com tanto carinho do filho que teve com esse homem que, um dia te fez feliz, mas que hoje só te irrita.

Obrigada por estar tentando passar nesse concurso. Obrigada pela dedicação, por acreditar que eu podia ser melhor que os outros candidatos mesmo não passando, ano após ano.

Obrigada por ter tido a coragem de abrir essa empresa. Entendo que fracassamos, mas obrigada por ter acreditado em nossa capacidade.

Obrigada por ter acreditado nesse sonho, mesmo vendo que ele não deu em nada. Mesmo assim, obrigada por ter acreditado em nós. Não perdemos tempo, apenas optamos por um caminho que não deu certo.

Quando a coisa está feia no meu relacionamento, eu me agradeço por estar investindo em uma relação de 12 anos. Se eu quiser terminá-la amanhã não vou me sentir fracassada por ter perdido tempo, vou me sentir apenas grata por ter tentado fazer dar certo.

A terapia do agradecimento, é a teoria da libertação. É parar de se ver como um bolo, onde fracassos, derrotas e frustrações se misturam e te cegam. Você passa a entender que foram apenas “tentativas”.

Os pais ensinam os filhos a serem gratos aos outros, a dizer obrigada ao estranho, mas não a nós mesmos.

Por isso, com o final de semana inteiro pela frente pratique a terapia da Libertação. Dá para agradecer a si mesma ou está difícil?

11 comentários:

Albuq disse...

Vou começar desde já, nunca me dei conta do quanto é importante isso. bjsss

Eu, Dam, para mim... disse...

É difícil, mas dá. E pode virar um hábito, um bom hábito. Concordo que a situação dificl pode se tornar mais leve se olhada por este angulo, o do agradecimento pelo que se fez, pelo quanto acreditou, pelo quanto esperou e tentou. Agradecer tbm pelos momentos fantásticos,pelas conquistas, agradecer pelo carinho que temos por nos mesmas. Acho que isso faz parte de uma relação intima, de confiança em nós.
A dois dias atrás, tomei uma decisão importante na minha vida, que pode não ser um caminho tão comodo e fácil, mas era lago que eu precisava fazer por mim. E depois que tomei esta decisão, a sensação que eu tive foi de respeito. Muito respeito por mim mesma, por minhas vontades, por me ouvir e fazer o que eu quero. Respeito. Mas acho que eu fiquei muito grata a mim mesma e não percebi. Obrigada Damaris, por cuidar de vc mesma...

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Dam! Sabe que vi seu rostinho nos seguidores aqui do blog, um dia desses, e pensei: que saudade dela por aqui!

Ótimo para minha sexta ter você por aqui!

Daniela disse...

Achei interessante o seu post,nunca tinha pensado dessa maneira, e no momento,veio a calhar.Sabe aquele tipo de mensagem que você está precisando receber?como seu anjinho da guarda,não medisse esforços pra te ajudar?Pois é,foi assim que me senti quando li seu post hoje.Obrigada pra você também,Flavia
Daniela Pina

Palavras Vagabundas disse...

Vou começar agora mesmo!
bjs
Jussara

Lidy disse...

Engraçado...parei por uns minutos e fiquei pensando no que posso agradecer a mim mesma....e não encontrei nada....isso é bom ou ruim?...

bju

Marguerita disse...

Até suspirei de alívio depois de ler esse post!
Vou começar agora mesmo, vide um comentário anterior e repassar o link paras as mulheres da minha vida.
Parabéns pelo blog, passo sempre por aqui.
Bj

Universitária,eu? disse...

Mariana, ontem antes de conseguir dormir, meu último pensamento foi sobre perdão... que precisava liberar esse perdão a mim mesma, pois estava me sentindo fracassada de ter investido tanto em um relacionamento e não ter recebido nada em troca.
Hoje me emocionei ao ler o que você escreveu....
Ei, peraí, eu fiz o que pude, passei por cima de muita coisa, muitas vezes até ferida investi nesse relacionamento, perdoei...se não deu certo, eu agradeço a mim mesma por ter tentado!!!!!
Nossa!!!!
Como suas palavras me fizeram bem...terapia igual a essa, sei não, acho que não existe!!!!!!!!!
Obrigada.

Bjus.

Única e Exclusiva disse...

Que tapa de luva, disso que preciso, me agradecer por ter tentado, pois só eu sei o esforço que foi, de ter fracassado, para então, seguir.

Acho que vou voltar a escrever, acho, alguém (você) tem me ajudado muiiiiito. Muito grata!

bjs meus

Carolina disse...

eu faço isto de vez em quando,silenciosamente. Quase uma prece. rs

bjão

Renata C., UMA ESPOSA EXPATRIADA disse...

Concordoooooooooooooooo! Ate' pra ex do meu marido eu agradeco (ela nao sabe, claro)!!! kkkkk!!! Porque eu sempre digo pra ele: ela me fez um favor "te segurando por tanto tempo"... enquanto eu namorava e curtia bastante. Qdo tava na hora de eu casar, ela largou vc e eu PUDE ACHAR VC!!!! Por isso agradeco a ela! kkkk!
E agradeco sim, sempre, ao SIM e ao NAO DA VIDA! E a mim, tb, claro! E aos meus filhos, ensino o mesmo!
parabens...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...